Rondonópolis/MT coloca agricultura familiar como prioridade

Agronegócio

Rondonópolis/MT coloca agricultura familiar como prioridade

Por:
308 acessos

A agricultura familiar, adotada como alternativa para devolver e fixar o homem no campo, é prioridade dentro da administração de Rondonópolis. Interessado em estimular a permanência dos trabalhadores na zona rural e promover qualidade de vida nas comunidades, o prefeito José Carlos do Pátio investe com prioridade em obras, serviços e aquisição de maquinários que servem para melhorar a produção agrícola e pecuária e garantir rentabilidade aos pequenos produtores na capital do agronegócio. Os diversos programas implantados nos primeiros seis meses de governo levam uma série de benefícios para as famílias que dependem da produção de grãos, leite, carne e hortifrutigranjeiros.

O secretário de Agricultura e Pecuária do Município, Valdir Correia, destaca as diversas parcerias com o Governo Federal e instituições bancárias, além do empenho de parlamentares da região, para atrair investimentos que incrementam a agricultura familiar e melhoram as atividades das comunidades rurais. Uma parte significativa dos investimentos é feita com recursos próprios, graças ao controle organizacional, as medidas de economia e ousadia da equipe que aposta no potencial dos pequenos produtores.

Valdir Correia somou recursos próprios e sobras de convênios com o Ministério da Agricultura, Pecuária e abastecimento (Mapa) para formar a frota de veículos utilizados nos diversos programas de assistência às comunidades rurais. Foram adquiridas quatro motocicletas, dois caminhões, duas carretas de trator e uma siladeira móvel. As comunidades rurais foram contempladas com a doação de oito tratores com grade para utilizarem no preparo da terra e o plantio. Uma emenda parlamentar do deputado federal Carlos Bezerra garantiu R$ 750 mil para aquisição de outros cinco tratores. Correia que adota o sistema de cotação de preços para economizar recursos, acredita que vai conseguir ampliar o projeto para sete maquinários. O interesse é adquirir dois tratores pequenos para o cultivo de hortaliças.

O principal investimento feito com recursos próprios foi no Programa Água para Todos. A prefeitura aplicou R$ 90 mil na iniciativa inédita adotada para incrementar a produção e desenvolver políticas de preservação ambiental no campo. Até agora foram perfurados dez poços artesianos nas comunidades, desses sete jorraram água potável para abastecer as famílias. A previsão do secretário Valdir Correia é perfurar 30 poços até o final do mês de agosto.

O município investe também no melhoramento genético do gado leiteiro das pequenas propriedades. O Programa Balde Cheio conta com a parceria do Banco do Brasil que adota a estratégia do Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS) para impulsionar o setor produtor. Até agora foram inseminadas 320 vacas das famílias que desenvolvem a pecuária leiteira.

Valdir Correia anuncia que o programa vai ser incrementado com a implantação da Central de Transferência de Embriões que vai funcionar dentro do Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias. Os currais disponibilizados que vão receber as doadoras e receptoras. O laboratório de transferência vai ser instalado no prédio em construção da Central de Apoio à Agricultura, próximo ao Campus da UFMT.

A iniciativa do prefeito de ampliar a equipe de profissionais da Secretaria garantiu a implantação do Programa de Extensão Rural para atender as comunidades rurais, com apoio técnico, elaboração de projetos e orientação. A equipe ampliada reúne quatro engenheiros agrônomos, três zootecnistas, dois veterinários, dois técnicos agrícolas e um técnico agropecuário. Os profissionais vão até as propriedades levar assistência técnica para as famílias que atuam na produção agrícola e pecuária.

O investimento na agricultura familiar conta ainda com uma parceria com o Incra para a implantação de uma unidade de cadastro em Rondonópolis. Outra parceria com o Ministério já repassou veículos, computadores e móveis para a Secretaria. A comunidade rural é beneficiada também com o Programa de Distribuição de Sementes de Hortaliças que visa estimular o pequeno produtor a plantar e colher alimentos.
Projetos

O secretário Valdir Correia anuncia que a política de incentivo à agricultura familiar conta ainda com o projeto de implantação do frigorífico de peixe na Boa Vista e perfuração de tanques para incentivar a criação de peixe. Outro projeto em pauta é o que foi denominado Terra Sol e vai beneficiar a comunidade da Gleba Rio Vermelho com a reativação da fábrica de ração e o abatedor de frango caipira. Correia explica que a ideia é promover a integração e o sistema de troca entre os pequenos produtores. A localidade vai ganhar também uma chocadeira para fornecer pintinhos a outras comunidades. Estas vão criar as galinhas e devolver os frangos para abater e oferecer no mercado local. Todas elas vão receber a ração em pagamento pela produção de frangos.

A agricultura familiar de Rondonópolis vai ser contemplada também com a criação do Centro de Comercialização dos Produtos em geral. Valdir Correia explica que o Centro vai abastecer feirantes e o comércio local, além de fazer a venda a varejo para a população e atender as escolas com produtos para a merenda escolar, hospitais e entidades.

Valdir Correia explica que vai organizar os diversos assentamentos e comunidades em quatro núcleos rurais. Cada núcleo vai contar com um coordenador da política de desenvolvimento, um caminhão, uma moto e um trator para atender a todas as famílias de forma igualitária. O interesse é fortalecer a agricultura familiar e aproximar o setor ainda mais do Poder Público.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink