RS comprou 10.500 tons de trigo paulista
CI
Imagem: Marcel Oliveira
COMÉRCIO

RS comprou 10.500 tons de trigo paulista

“Os preços médios deste trigo ficaram ao redor de R$ 1.150,00 FOB"
Por: -Leonardo Gottems

Moinhos do Rio Grande do Sul estão se surpreendendo com boa qualidade do trigo paulista, depois de encomendarem e receberem cerca de 10.500 toneladas de safra nova. Foi isso que afirmou a T&F Consultoria Agoreconômica.  

“Os preços médios deste trigo ficaram ao redor de R$ 1.150,00 FOB com mais R$ R$ 170,00 de frete, chegando ao estado ao redor de R$ 1.320,00 CIF. O ICMS de SP é de 2%. Hoje houve também tentativa por parte de dois moinhos gaúchos de comprar trigo paranaense, mas as ofertas de R$ 1.150,00 foram recusadas pelos vendedores, que querem um mínimo de R$ 1.200,00 FOB”, comenta. 

Em Santa Catarina, os moinhos compraram também trigo paulista e estão esperando trigo paranaense comprado. “Os preços do trigo em Santa Catarina de safra nova estão se mantendo elevados, uma vez que algumas cooperativas pagam ao redor de R$ 1.033/t no mercado de balcão, o que é elevado. No mercado de lotes, alguns moinhos compraram também trigo em São Paulo, outros estão esperando lotes comprados e recém colhidos no Paraná, mas nada que não chegue ao estado a menos de R$ 1.300,00/tonelada, o que também é elevado”, completa. 

Para o Paraná, vendedor quer R$ 1.200,00 FOB e comprador quer pagar isto CIF, para trigo safra nova disponível. “No Oeste e no Centro do estado ofertas a R$ 1.180/tFOB. Rodaram alguns negócios a R$ 1200/t CIF Campos Gerais. Ofertas se mantém nos níveis de 1.200/t FOB e não tem rodado muitos lotes. Moinhos aceitam se o frete for de perto de casa, caso contrário, estão evitando estes preços”, informa. 

Os preços finais do trigo argentino posto nos moinhos do Sul do Brasil fecharam em baixa nesta quinta-feira nos valores CIF. “Nos moinhos do Rio Grande do Sul e do Paraná, por via marítima (portos de Rio Grande e Paranaguá), atingirem cerca de R$ 1.548,72 (1.569,53 em setembro, R$ 1.533,10 (1.549,33) em outubro, R$ 1.473,44 (1.494,60) em novembro, R$ 1.447,04 (1.467,88) em dezembro, R$1.470,10 (1.496,83) em janeiro e R$ 1.487,93 (1.497,97) em fevereiro”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink