RS já colheu 97% do trigo 

ESTATÍSTICAS

RS já colheu 97% do trigo 

A retirada do trigo da lavoura se deu de forma rápida
Por: -Leonardo Gottems
308 acessos

A colheita de trigo do estado do Rio Grande do Sul já chegou a 97% nesta última semana, segundo um levantamento realizado pela Emater-RS. De acordo com o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, as condições do clima favoreceram a colheita. 

“O relatório semanal da Emater-RS registrou que, com as condições meteorológicas adequadas em quase todas as regiões de produção, com predominância de dias ensolarados, a retirada do trigo da lavoura se deu de forma rápida, evoluindo para o final da colheita (97%). Apenas nos Campos de Cima da Serra, última região onde o trigo é semeado e colhido, as lavouras se encontram na fase de enchimento de grãos e maturação”, comenta. 

No entanto, nestas últimas regiões as movimentações devem começar em alguns dias, já que ainda não atingiu os npiveis adequados. “A colheita deverá ser iniciada nos próximos dias, mas já apresenta indícios de queda no rendimento e na qualidade do grão, tal como ocorrido nas outras regiões”, informa. 

Segundo Pacheco, no geral, a produtividade continua variando muito, ficando em média, aquém do estimado. A variação se dá entre 2,2 toneladas por hectare a 3,3 toneladas por hectare e com qualidade abaixo da esperada, além de contar com um pH médio em torno de 75.  

Segundo os técnicos, isso ocorreu em razão de fatores tecnológicos e climáticos. Dentre os fatores tecnológicos, algumas cultivares apresentaram rendimentos muito inferiores ao esperado; além disso, à medida que a semeadura foi realizada mais para o final do período recomendado, as cultivares apresentaram diminuição de rendimento. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink