Safra de café no Vietnã já está afetada pela estiagem

Agronegócio

Safra de café no Vietnã já está afetada pela estiagem

A seca no Vietnã danificou pelo menos um terço dos pés de café do país, o segundo maior produtor mundial do grão
Por:
2 acessos

A seca no Vietnã danificou pelo menos um terço dos pés de café do país, o segundo maior produtor mundial do grão, segundo relatório do governo sobre as quatro principais regiões de cultivo.

Cerca de 95 mil hectares de café da província de Dak Lak, ou 58% do total da região, registraram danos, de acordo com o relatório. É provável que Dak Lak tenha experimentado seu ano de maior seca em quase três décadas, segundo estimativa da província. A região abriga cerca de um terço dos cafezais do país e responde por mais de um terço da produção nacional.

Dak Lak é a maior região produtora do Vietnã de café robusta, empregado pela Nestlé SA em seu café solúvel. A empresa disse semana passada que pretende elevar os preços. As cotações de robusta dispararam 41% este ano na Bolsa de Grãos de Tóquio, onde alcançaram seu nível máximo desde julho de 2000. O contrato de café robusta para entrega março de 2006 subiu para 12.380 ienes por 100 quilos (US$ 1.180 a tonelada).

"Não temos dúvida de que a produção do ano que vem vai cair, embora seja impossível especificar no momento para quanto", disse Dinh Ngoc Truc, diretor da Truc Tam Trading Co., da província de Dak Lak. "A qualidade do café certamente será prejudicada, principalmente a do robusta de categoria 1".

No total, pelo menos 155 mil hectares de cafezais foram danificados, segundo os dados compilados pela Bloomberg com base nos relatórios. A área corresponde a quase um terço do total nacional fornecido pela Associação Vietnamita de Café e Cacau. A estiagem puxou a alta dos preços do café no Vietnã, de até 20% no mês passado.

Na província de Lam Dong, a segunda maior produtora vietnamita de café, com 25% dos cafezais, a produtividade deverá cair em 40 mil hectares de plantações, ou um terço do total, segundo o relatório. Cerca de 10 mil hectares de terras cultivadas com café, ou cerca de 14% do total dos cafezais da região, foram prejudicados pela seca na província de Gia Lai, detentora de cerca de 17% do total das terras cultivadas com café do país, segundo relatório do departamento provincial de agricultura e desenvolvimento rural.

Na província de Dak Nong, que responde por cerca de 15% dos cafezais do Vietnã, cerca de 9.940 hectares dos seus 62 mil hectares cultivados com café foram danificados pela seca. A produção de café do Vietnã do ano-safra que se encerra a 30 de setembro poderá cair para a faixa das 11,7 milhões às 12,5 milhões de sacas, a partir das 14 milhões às 14,2 milhões de sacas colhidas no ano-safra anterior.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink