Saiba como evitar perdas na armazenagem

Imagem: Divulgação

CONSERVAÇÃO

Saiba como evitar perdas na armazenagem

Desde o início da estocagem, é importante que os grãos passem por um processo de secagem, para que sejam guardados
Por: -Aline Merladete
1594 acessos

O Brasil é um dos maiores produtores de grãos do mundo, ao lado dos Estados Unidos e China. A estimativa é de que para o período 2019/2020 o país se aproxime dos 246 milhões de toneladas de produção. O que se verifica, é que a produção brasileira vem de um processo de crescimento na sua produção ano a ano.

A umidade tem sido motivo de dor de cabeça na fase de estocagem de grãos. Nem só a boa colheita determina o sucesso de uma safra, haja vista que o produto deve ser entregue nas condições e com a melhor qualidade ao seu comprador final. Desde o início da estocagem, é importante que os grãos passem por um processo de secagem, para que sejam guardados com a umidade devidamente controlada. Em geral, cada produto tem características que exigem cuidados quanto ao controle de umidade, como podemos listar algumas:

O café – para manter a coloração, sabor, aroma e qualidade;
O milho – para não perder substância e qualidade;
A soja – para não perder suas propriedades, características e qualidade;
O feijão – para não perder características fisiológicas.
Quando os grãos estão expostos a índices de umidade superiores a 65%, estão fortemente sujeitos a deterioração. Normalmente, o estrago ocasionado pelo excesso de umidade atinge níveis alarmantes. Estima-se que no Brasil nada menos que 20% de toda colheita seja perdida devido às más condições de armazenamento e também às pragas. Quando os índices de umidade superam os 75%, o ataque de micro-organismos e bactérias e pragas aumentam consideravelmente.

De acordo com Jéssica Kirsner, CEO da Thermomatic do Brasil, uUma armazenagem bem sucedida começa na colheita, pois depende da qualidade dos grãos. É essencial colher os grãos enquanto estão maduros e em ótimo estado para preservar suas características.

Sobre a circulação de ar, a empresária afirma: “Para climatização ideal na fase de armazenamento, a ventilação é essencial para preservar características dos produtos. É importante fazer a aeração de forma controlada para não aumentar a umidade, que prejudica os grãos”.

E o controle da umidade, qual a sua importância? “Eu diria que é o item principal. O controle da umidade é uma medida fundamental para garantir a integridade dos grãos durante o armazenamento, visto que ao regular a umidade relativa do ar nos níveis ideais, minimiza-se o desenvolvimento de insetos e a proliferação de fungos e bactérias, além de preservar o peso e o valor nutritivo respectivo de cada grão”, finaliza ela.

A melhor forma de estabelecer um controle extremamente rigoroso em um silo ou qualquer outra forma de armazém passa pela adoção de desumidificadores. O Desidrat controla a umidade dos grãos, acelera o processo de secagem, evita a proliferação de fungos e pragas, além de impedir o processo de condensação nos silos. Produzido com a mais refinada tecnologia, o Desidrat é a melhor solução para fazer da safra um novo sucesso a cada colheita.

Saiba mais sobre como realizar o controle de umidade correto para grãos em: https://www.thermomatic.com.br/aplicacoes-para-industria/desumidificadores-para-industria-de-graos.html

Com informações da assessoria.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink