São Joaquim abre vagas para graduação a distância em agronegócio
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,156 (0,78%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)

Imagem: Pixabay

EDUCAÇÃO

São Joaquim abre vagas para graduação a distância em agronegócio

Processo seletivo contempla quatro cursos na área de gestão e encerra inscrições no dia 25 de julho
Por:
424 acessos

A Faculdade CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) está com inscrições abertas para o processo seletivo do segundo semestre de 2020, com ofertas de vagas nas áreas de gestão com foco no agronegócio. A seleção vai até 25 de julho e disponibiliza vagas para Santa Catarina, no polo de ensino localizado em São Joaquim.

Os interessados em se capacitar nesse setor podem se candidatar para os cursos de graduação em Gestão do Agronegócio (3 anos), Gestão Ambiental (2 anos), Gestão de Recursos Humanos (2 anos) e Gestão de Processos Gerenciais (2 anos).

São três formas de ingressar na Faculdade CNA: quem já possui um curso superior participará da seleção por meio de análise documental. Para os demais, é possível ingressar por meio do boletim de Desempenho do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) – com nota igual ou superior a 250 pontos em um dos exames a partir de 2017 ou ainda pelo vestibular online por meio de prova de Redação.

Embora os cursos de graduação sejam a distância, no momento da inscrição os candidatos devem escolher um dos 11 polos da Faculdade CNA: São Joaquim é o único catarinense e os demais estão localizados nos municípios de Gandu e Luís Eduardo Magalhães (BA), Fortaleza (CE), Rio Bananal (ES), Cuiabá (MT), Santa Izabel do Pará (PA), Campina Grande e João Pessoa (PB), Palmas (TO) e Brasília (DF).

De acordo com a secretária da Faculdade CNA Santa Catarina, Izabela Goulart, este é o segundo processo seletivo realizado em São Joaquim. Os cursos foram trazidos ao Estado no início deste ano e contam com 81 alunos selecionados no primeiro semestre. Para o próximo, são 350 vagas abertas para cada curso em todo o Brasil.

O presidente do Sistema Faesc/Senar-SC e vice-presidente de finanças da CNA, José Zeferino Pedrozo, destaca que a graduação a distância focada em gestão auxilia produtores rurais e empreendedores no aumento de competitividade e na sustentabilidade dos estabelecimentos. “Os cursos fomentam a formação de gestores que possam contribuir no plantio e manejo, além da comercialização dos produtos. São técnicas que ensinam desde o diagnóstico das propriedades até o desenvolvimento das potencialidades do empreendimento, promovendo a qualidade e o crescimento da produção”, sublinha.

A mensalidade dos quatro cursos custa R$ 179. Para outras informações e inscrições, acesse: www.faculdadecna.com.br. Para contato com o polo em São Joaquim, ligue: (49) 3233-0260. Saiba mais sobre os cursos:

Gestão do agronegócio

O curso será desenvolvido em seis semestres, totalizando 2.500 horas. Entre as disciplinas que serão ministradas estão:  introdução à gestão do agronegócio; fundamentos de logística e transporte, gestão estratégica de pessoas; estudos culturais e antropológicos; cadeias produtivas do agronegócio; responsabilidade social e meio ambiente; planejamento estratégico e políticas públicas para o agronegócio; tecnologia e inovação; assistência técnica e extensão rural; e planejamento e gestão de projetos. O curso também dispõe de disciplinas optativas como Língua Brasileira de Sinais (Libras) e tópicos especiais.

Processos gerencias

No curso estão previstas disciplinas como: comportamento organizacional; modelos de gestão; contabilidade; administração de conflitos e técnicas de negociação, gestão de produção e de custos; instrumentos de mercado para o agronegócio; formação de preço e comercialização; gestão de qualidade e produtividade; e responsabilidade social e meio ambiente. Os alunos também podem optar por Língua Brasileira de Sinais (Libras) ou empreendedorismo.  A capacitação será realizada em 1.700 horas durante quatro semestres.

Gestão ambiental

A matriz curricular será aplicada em 1700 horas no período de quatro semestres. Entre os assuntos abordados estão: planejamento ambiental; marketing no agronegócio; geoprocessamento; direito e legislação ambiental; avaliação de impactos ambientais; gestão de recursos naturais; recuperação de áreas degradadas; química ambiental; geologia; microbiologia ambiental; e gestão empresarial no agronegócio. As disciplinas optativas são:  Língua Brasileira de Sinais (Libras), agricultura climaticamente inteligente e sustentabilidade.

Recursos humanos

A qualificação será realizada em quatro semestres, totalizando 1.700 horas. A grade curricular contempla assuntos como administração de conflitos e técnicas de negociação; direito do trabalho e legislação social; recrutamento e seleção; segurança do trabalho e saúde ocupacional; administração de cargos, salários e benefícios; avaliação de desempenho; sistemas de informações gerenciais; fundamentos da economia; modelos de gestão; e disciplinas optativas (Língua Brasileira de Sinais - Libras e empreendedorismo).

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink