São Paulo anuncia escritório agro na Alemanha
CI
Imagem: Sheila Flores
EXPORTAÇÕES

São Paulo anuncia escritório agro na Alemanha

Anuncio foi feito pelo governador João Dória nesta quinta-feira (8)
Por: -Eliza Maliszewski

Durante um fórum, realizado nesta quinta-feira (8), o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que o Estado vai abrir um escritório de desenvolvimento comercial do agronegócio em Munique, na Alemanha.

O espaço deve ser inaugurado em junho deste ano e tem como objetivo apoiar todos os setores da economia paulista, especialmente, as exportações do agronegócio para os países europeus.

O anúncio foi feito junto com o secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Diniz Junqueira. Este será o terceiro do tipo a ser aberto pelo mundo, após o governo de São Paulo inaugurar escritórios na China (Xangai, agosto 2019) e nos Emirados Árabes Unidos (Dubai, fevereiro de 2020). Até o final de 2021 ainda está previsto outro escritório nos Estados Unidos (Nova Iorque).

“Esses escritórios nos apoiam em negócios como um todo e o agro em particular. Desde então aumentamos as vendas para o mercado chinês, encontrando melhores oportunidades junto a compradores locais. O escritório localizado em Dubai atende todo o Oriente Médio e cumpriu, brilhantemente, seu papel”, disse Dória.

O escritório europeu, assim como os outros, será feito através da Investe SP, Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade, com financiamento feito pelo setor privado. Apenas o diretor do escritório é vinculado ao governo paulista. O restante da estrutura é financiado por empresas associadas àquela estrutura. “Nós não queremos escritórios para acomodar pessoas e sim para fomentar negócios, estimulem a economia e gerem novas oportunidades”, destacou o governador.

No ano passado as exportações paulistas do agronegócio tiveram aumento de 12,9%, totalizando US$ 17,23 bilhões. A participação das exportações do agronegócio paulista no total do estado passou de 31,2% no ano de 2019 para 40,6% em 2020. 

Os cinco principais grupos que se destacaram foram: complexo sucroalcooleiro (US$6,40 bilhões, sendo que, desse total, o açúcar representou 84,4% e o álcool 15,6%), carnes (US$2,30 bilhões, em que a carne bovina respondeu por 87,4%), complexo soja (US$1,91 bilhão), produtos florestais (US$1,54 bilhão, com participações de 49,9% de papel e 37,3% de celulose) e grupo de sucos (US$1,40 bilhão, dos quais 96,7% referentes a sucos de laranja). Esses cinco agregados representaram 78,6% das vendas externas setoriais paulistas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink