São Vicente do Sul sediará Festa Estadual da Batata-Doce
CI
Batata-Doce

São Vicente do Sul sediará Festa Estadual da Batata-Doce

Na próxima quarta-feira (11/07), tem início a 30ª Feira Estadual de Comércio da Batata-Doce (Fecobat)
Por:

Na próxima quarta-feira (11/07), tem início a 30ª Feira Estadual de Comércio da Batata-Doce (Fecobat), em São Vicente do Sul, na região do Vale do Jaguari, que se estenderá até o domingo (15/07). As atividades serão realizadas no Pavilhão de Eventos do município, com a comercialização de batata-doce e seus derivados pelos produtores locais, exibição e venda de equipamentos e máquinas agrícolas, além de atividades culturais. 

Haverá também o Pavilhão da Agricultura Familiar, com produtos coloniais diretamente dos agricultores. A organização do evento é da Prefeitura, com apoio do Governo do Estado, Câmara de Vereadores, Sicredi, Banrisul e Emater/RS-Ascar. De acordo com o extensionista rural do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de São Vicente do Sul, Crescêncio Medeiros, 15 famílias rurais farão comercialização do produto e derivados, como licores, compotas e bombons na Fecobat.

No domingo, haverá concurso para escolha da batata-doce mais pesada. A Fecobat é o maior evento agrícola realizado em São Vicente do Sul, com grande contribuição para a economia municipal, nas áreas de comércio, indústria, serviços, cultura, gastronomia e lazer. O município espera receber 15 mil pessoas para o evento, entre visitantes regionais e estaduais.

Cultura da batata-doce 

Em São Vicente do Sul, cerca de 30 famílias rurais produzem batata-doce com fim comercial e têm nesta cultura uma fonte de renda. A batata-doce comercializada na Fecobat é produzida com adubo orgânico e tecnologia agroecológica. 

?A batata-doce tem se mostrado uma boa opção de renda para estes produtores, tanto pelas boas produtividades quanto pelo mercado atualmente favorável à produção agroecológica?, avalia Medeiros. ?Além de possibilitar geração de renda, a batata-doce é um alimento produzido para autoconsumo por grande parte das famílias rurais?, acrescenta o técnico.

Conforme Medeiros, a batata-doce tem tolerância a períodos de estiagem sem causar problemas no desenvolvimento. ?Este ano foi positivo para o cultivo, porque as chuvas foram regulares e não tivemos estiagem prolongada?. Segundo o extensionista, o plantio acontece a partir de setembro e se estende até meados de janeiro; portanto, no período atual, a maioria dos produtores já está com batata colhida e armazenada. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink