Seminário de Grãos de AL reúne 150 e difunde técnicas de cultivo e fertilidade do solo
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Seminário de Grãos de AL reúne 150 e difunde técnicas de cultivo e fertilidade do solo

Seminário Alagoano de Produção de Grãos 2022 reuniu, na quarta (13), no auditório do SESC em Arapiraca
Por:

Em sua primeira edição totalmente presencial após o início da pandemia, o Seminário Alagoano de Produção de Grãos 2022 reuniu, na quarta (13), no auditório do SESC em Arapiraca, importante polo agrícola no Agreste de Alagoas, cerca de 150 participantes, entre entre produtores, assistentes técnicos, representantes comerciais e estudantes de diversos municípios alagoanos.

Essa foi, ainda, a primeira edição realizada no interior do estado, com surpreendente sucesso na avaliação dos organizadores. 

“A nossa expectativa era de receber entre 80 e 100 inscritos, mas chegamos a 150, e não apenas de participantes dos municípios do chamado Sealba Alagoano, mas de todo o estado”, explica o pesquisador da Embrapa Tabuleiros Costeiros Antônio Santiago, que integrou a comissão organizadora.

Fruto de parceria da Embrapa, Sebrae Alagoas, SESC, Prefeitura de Arapiraca e Triunfo Pedras, o evento foi palco de debates e palestras com agentes públicos, representantes do setor produtivo e pesquisadores de quatro Unidades da Embrapa (Tabuleiros Costeiros, Soja, Milho e Sorgo e Cerrados). 

Entre os palestrantes estavam os pesquisadores Éder Souza Martins, da Embrapa Cerrados (Planaltina, DF), que abordou o uso de fertilizantes naturais no manejo da fertilidade do solo, e Christiane Abreu de Oliveira Paiva, da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas, MG), que apresentou o BiomaPhos, o primeiro inoculante desenvolvido com tecnologia nacional para absorção de fósforo pelas culturas. 

No encerramento do seminário, Santiago promoveu o lançamento da Circular Técnica 94, "Recomendações técnicas para a produção de soja na região agrícola do Sealba". A publicação, que está disponível para download gratuito, elenca de forma simples e direta as principais recomendações para a produção de soja na região do Sealba, considerando suas características de solo e clima distintas das demais regiões tradicionalmente produtoras de soja.

A Embrapa Tabuleiros Costeiros integra a Comissão Estadual de Grãos de Alagoas, responsável pela gestão do Programa Estadual de Produção de Grãos que, nos últimos anos, tem articulado o setor produtivo e desenvolvido políticas de incentivo à diversificação da produção alagoana, com incremento na produção de milho, soja, sorgo e outras culturas de grãos.

Para o secretário de Agricultura de Arapiraca e presidente da Comissão Estadual de Grãos Hibernon Cavalcante, o evento cumpriu com êxito o objetivo principal de difundir técnicas de cultivo e fertilidade de solo para as culturas de milho e soja na região nos municípios alagoanos que compõem a nova fronteira agrícola do Sealba, sigla que denomina região que compreende os estados de Sergipe, Alagoas e Bahia.

“Eventos como este são fundamentais para difundir entre os produtores e técnicos o potencial de produção de grãos em Alagoas, possibilitando a diversificação da cultura da cana-de-açúcar e expansão para o Semiárido. O grande foco é diminuir a dependência do setor de alimentação humana e animal da produção de grãos de outros estados e mesmo do exterior”, concluiu.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.