Senai define a programação do 13° Proleite
CI
Agronegócio

Senai define a programação do 13° Proleite

No dia 27 de outubro serão abertas as atividades do 13 ° Seminário e Exposição para Produtores de Leite e Derivados (Proleite)
Por: -Silvano

O maior e mais importante evento de informação tecnológica para o setor leiteiro do Nordeste já está com a programação definida. No dia 27 de outubro serão abertas as atividades do 13 ° Seminário e Exposição para Produtores de Leite e Derivados (Proleite). Diferente dos anos anteriores, este ano, as atividades se concentrarão no Parque de Exposição José da Silva Nogueira (Parque da Pecuária), em Maceió, com palestras e mini cursos para agricultores e laticinistas. O seminário começa na quarta-feira (27/10), e prossegue até sexta-feira (29/10).

O evento, que é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/AL) em parceria com a Agência de Apoio ao Empreendedor e Pequeno Empresário de Alagoas (Sebrae/AL), contará com 16 palestras e 7 minicursos que tratarão de mercado, legislações, políticas, qualidade e tecnologias. Com a finalidade de reunir o maior número de pecuaristas, o Proleite acontece durante da 60ª Exposição Agropecuária e Produtos Derivados de Alagoas (Expoagro 2010).

Conforme a programação, no dia 27, a partir das 8h, empresários e agricultores devem comparecer ao Parque da Pecuária para o cadastro de inscrição. Às 9h haverá a abertura solene com a presença de entidades ligadas ao setor e às 11h uma palestra com o Coordenador dos Programas Especiais da FAEG/SENAR de Goiás, Marcelo Martins. Encerrando a manhã haverá ainda um debate sobre a Agricultura Familiar no Contexto Atual com um Representante Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Para o coordenador do Núcleo de Tecnologia de Alimentos do Senai/AL, Israel de Alcântara, o Proleite segue o perfil dos anos anteriores atendendo produtores rurais, laticinistas, técnicos e empresários visando o desenvolvimento do setor. “Preparamos um evento completo que debaterá temas atuais. A nossa expectativa é receber pelo menos 300 pessoas”, ressaltou.

E as atividades do primeiro dia seguem durante à tarde. A partir das 14h será debatida a Lei 11.947, que determina a destinação de pelo menos 30% dos recursos da merenda escolar na agricultura familiar. Às 14h45 Nelmo Oliveira da Costa, Diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) vai falar sobre o Sistema Brasileiro de Inspeção (SISB).

Após o lanche haverá um debate sobre a Cadeia Produtiva do Leite em Alagoas e o Lançamento do Prêmio de Qualidade dos Produtores de Leite.

O seminário conta com o apoio do Sindicato Rural dos Produtores de Leite de Alagoas (Sindileite), Sindicato das Indústrias e Laticínios do Estado de Alagoas (SileAL), Cooperativa da Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri) e Resultados da Pesquisa Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

As informações são da assessoria de imprensa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/AL).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink