Será no mês de outubro o 2º Curso de Drone aplicado ao agronegócio

Curso

Será no mês de outubro o 2º Curso de Drone aplicado ao agronegócio

Estão abertas 35 vagas para o curso de drone que acontece no próximo mês, em outubro, nos dias 3, 4 e 5 na Embrapa Gado de Corte localizada em Campo Grande
Por:
211 acessos

Estão abertas 35 vagas para o curso de drone que acontece no próximo mês, em outubro, nos dias 3, 4 e 5 na Embrapa Gado de Corte localizada em Campo Grande, MS. As inscrições devem ser feitas pela internet no endereço: https://www.sympla.com.br/mapeamento-aereo-com-drone-aplicado-ao-agronegocio__350682. O valor entre 1 mil e 1.500 reais será vendido em lotes e parcelado em até 12 vezes.

A segunda edição do curso foi aberta devido à procura de muitas pessoas que não conseguiram vagas no primeiro curso realizado no mês de julho. A expectativa da organização é de que em pouco tempo as vagas desta edição serão preenchidas. O curso é voltado para profissionais de engenharia e técnicos ligados ao setor de georreferenciamento de imóveis rurais, ou pessoas envolvidas com o agronegócio, ambiente, pilotos de drones em geral ou que trabalham com captação de imagens e vídeos aéreos.

No curso anterior foi registrada a participação de técnicos de empresas da cadeia produtiva, pesquisadores de universidades, profissionais liberais vindos de várias regiões do Brasil, como Rondônia, Acre, Piauí, São Paulo, Mato Grosso do Sul.

A tendência é o preenchimento de todas as vagas em pouco tempo tendo em vista a grande procura, a qualidade do curso e os benefícios que a tecnologia oferece ao empreendedor/produtor. Camilo Carromeu, coordenador do curso de drone cita alguns ganhos qualitativos para o produtor que utiliza a ferramenta, como por exemplo, a precisão das informações, ganho de tempo entre outras vantagens. “Com as imagens aéreas feitas pelo drone o produtor é capaz de visualizar áreas de pastagens, lavouras, rebanho, infraestrutura da fazenda, identificar falhas e corrigir problemas”.  Outra vantagem do uso da tecnologia, segundo Carromeu, é que com um mapeamento da área é possível montar um histórico e acompanhar sua evolução, como de um plantio até sua colheita ou controlar o rebanho.

O curso será ministrado por quatro profissionais do Grupo Novo Olhar - empresa de consultoria especializada em mapeamento aéreo com drones. As aulas são compostas de teoria e prática incluindo revisões e tira-dúvidas.
O programa do curso inclui abordagem sobre sistema de drones, componentes eletrônicos, plataformas e sensores mais utilizados, planejamento de missão, métodos de georreferenciamento e processamento das imagens. Também será apresentada e esclarecida a nova legislação que regulamenta os procedimentos e responsabilidades para o acesso seguro ao espaço aéreo brasileiro por drones. Modelos de equipamentos serão demonstrados e uma discussão sobre os benefícios da utilização de drones nas atividades de campo está na pauta, além dos ganhos de produtividade e economia geradas com o uso da ferramenta.

Carromeu informa que um curso mais avançado de sensores especiais está sendo formatado para o mês de novembro. A data será divulgada em breve. Informações mais detalhadas podem ser obtidas na página da Embrapa Gado de Corte https://www.embrapa.br/gado-de-corte. A Embrapa fica na Avenida Radio Maia, 830 – Zona Rural.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink