Setor apícola busca prazo no Rispoa
CI
Agronegócio

Setor apícola busca prazo no Rispoa

Por:

Integrantes da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Mel e Produtos Apícolas chegaram à conclusão de que não será possível cumprir todas as novas regras que entrarão em vigor assim que a revisão do Rispoa for concluída. Como o prazo de adaptação será de 180 dias após a publicação do decreto federal, o setor acredita que necessitará de mais tempo para adequar as casas de extração de mel. Segundo o presidente da Associação Brasileira Apícola, José Gumercindo Cunha, seriam necessários 24 meses para a total implementação das mudanças, que, na maioria dos casos, exigiriam obra civil. O texto final, com ajustes e sugestões do setor, deve ser apresentado pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) do Mapa numa reunião extraordinária da câmara a ser marcada. Hoje, as casas possuem área de recepção do material do campo separada da de manipulação, local destinado ao processamento do mel, área de envase, local de armazenagem do produto final e banheiro em área isolada externa ao prédio. A construção deve obedecer normas sanitárias do Mapa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.