Setores público e privado discutem em Vitória/ES sanidade avícola

Agronegócio

Setores público e privado discutem em Vitória/ES sanidade avícola

Iniciativa da UBA e do FONESA busca alinhar soluções em prol da segurança sanitária do setor
Por: -Janice
293 acessos

Os resultados do Programa Nacional de Prevenção à Influenza Aviária e Doença de Newcasttle - iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) que avalia e determina anualmente notas às defesas sanitárias estaduais - tem causado euforia e ansiedade nos pólos produtivos. Por um lado, representantes estaduais comemoram os resultados alcançados. Por outro, há um grande desejo pela conquista de notas melhores, em especial, por quem despendeu grandes esforços mas não obteve bons índices no levantamento de 2008.

Com o intuito de discutir formas de melhorar as avaliações estaduais e aprimorar ainda mais a segurança sanitária da avicultura brasileira, diretores e coordenadores de agências e programas estaduais de sanidade avícola e lideranças da avicultura brasileira participam de um encontro nacional do setor público e privado, nos dias 07 e 08 de julho, em Vitória (ES).

Promovido pela União Brasileira de Avicultura (UBA), Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frangos (ABEF), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (IDAF) do Espírito Santo e pelo Fórum Nacional dos Executores de Defesa Agropecuária (FONESA), o evento destacará assuntos como o sistema de produção, distribuição geográfica, exportações e importância sócio-econômica da produção nacional. Outros temas de ordem técnica, como viabilidade de instruções normativas, Guia de Transporte Animal (GTA) eletrônico, abates municipais, transito de aves e responsabilidade técnica, também estarão em pauta.

Representantes do FONESA e de comitês estaduais de sanidade avícola, conhecidos como COESA, também apresentarão as estruturas de funcionamento dos Estados. "Isto ajudará o setor privado a entender melhor como funciona as organizações sanitárias públicas. Dessa forma, ficará mais fácil visualizar onde as empresas podem contribuir e ajudar a aprimorar com o status sanitário de cada Estado", explica o presidente da UBA, Ariel Mendes.

Além de Mendes, estarão presentes no encontro o presidente do FONESA, Décio Coutinho, além de representantes da ABEF, de diretorias de entidades estaduais avícolas e lideranças do setor público e privado.

"Na programação do encontro também teremos espaço para discutir formas de cooperação, realização de treinamentos, parcerias e demandas. Hoje, o Brasil está livre de pragas que assolam outros continentes. Manter esse status em um universo globalizado é um desafio que o país tem cumprido bem, mas que demanda constante interação entre os setores que compõe a cadeia produtiva nacional", completa Mendes.

O encontro acontecerá na sede da Assembléia Legislativa do Estado do Espírito Santo, em Vitória (ES).As informações são da assessoria de imprensa da União Brasileira de Avicultura.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink