Soja: Demanda Chinesa continua forte
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Divulgação

MERCADO INTERNACIONAL

Soja: Demanda Chinesa continua forte

Em relação aos subprodutos, no porto chinês de Dallian a soja avançou para US$ 675,00
Por: -Leonardo Gottems
376 acessos

As empresas esmagadoras de soja chinesas compraram mais 6 cargos de soja norte-americana do Golfo para completar suas necessidades a partir de novembro e dezembro e 3 cargos de soja brasileira de safra nova. “Nos dois países os prêmios permaneceram inalterados. As Farmers Selling (vendas dos agricultores) atingiram 400.000 toneladas/cada no Brasil e na Argentina, nesta quinta-feira. No mercado de Paper de Paranaguá foram negociadas novamente posições para março entre +73 e +69H e para junho a +69N”, comenta. 

Em relação aos subprodutos, no porto chinês de Dallian a soja avançou para US$ 675,00 contra US$ 670,52 do dia anterior, o farelo de soja avançou para US$ 453,64, como os US$ 452,54 do dia anterior e o óleo de soja avançou para US$ 1058,41 como os US$ 1035,39 do dia anterior. “Em Rotterdam, o principal porto não-China de demanda de soja e subprodutos, o preço do primeiro mês cotado da soja-grão avançou para US$ 435,00/t contra os US$ 428,80/t do dia anterior; o pellets de  soja avançou para US$ 426,00 como os US$ 422,00 do dia anterior, afloat”, completa. 

“Os preços dos óleos vegetais, para o primeiro mês, terminaram o dia cotados a: óleo de canola avançou para US$ 963,70/t contra US$ 958,47/t do dia anterior; o óleo de linhaça foi cotado em US$ 1075,00/t contra os US$ 1077,50 /t do dia anterior; o óleo de soja avançou para US$ 931,77/t contra $ 908,77/t do dia anterior; o óleo de girassol recuou para US$ 1080,00 como os US$ 1090,00 do dia anterior e o óleo de palma subiu para US$ 795,00 contra os US$ 750,00/t do dia anterior. Na Índia, maior importador de óleos vegetais do Mundo, o óleo de soja avançou para US$ 980,00 como os US$960,00/t do dia anterior, em Nova Delhi”, conclui. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink