Soja: Preços fecham janeiro com recuo

ESTATÍSTICA

Soja: Preços fecham janeiro com recuo

As quedas do dólar e de Chicago foram fatores fundamentais
Por: -Leonardo Gottems
1104 acessos

Os preços da soja encerram janeiro com recuo de 3,85% para exportação e 2,50% no mercado interno, segundo a pesquisa diária do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). De acordo com o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, as quedas do dólar e de Chicago foram fatores fundamentais para esse recuo sentido nos preços da oleaginosa. 

“O recuo do dólar no Brasil atingindo 1,77%, somado à queda de 0,51% na cotação do contrato de março em Chicago se juntaram à queda dos prêmios nos portos brasileiros (5 cents para março, 13 para abril e 3 para junho, embora tenham subido 13 cents para maio e 4 cents para julho) fez os preços oferecidos pelas Tradings sobre rodas nos portos brasileiros recuarem 0,54%, para R$ 77,08%”, explica. 

Nesse cenário, a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec)  afirmou nesta quinta-feira (31.01) que as exportações de soja do Brasil somaram 2,3 milhões de toneladas em janeiro, o que representa um aumento de 56% quando comparado com o volume do mesmo mês de 2018. Isso porque, segundo Pacheco, a economia mundial ainda sentia os reflexos da guerra comercial travada entre os Estados Unidos e a China. 

Para a Anec, 95% do volume exportado este mês teve como destino a China, maior importador global. “Com a chegada antecipada da nova safra este ano, os embarques de soja devem se intensificar já no início do mês de fevereiro... encontram-se programadas para embarque aproximadamente 6 milhões de toneladas”, disse a associação.  

“O Brasil havia colhido até a semana passada pouco mais de 10 por cento da safra de soja que destacaram que os trabalhos estão adiantados após o tempo seco reduzir a produtividade em várias áreas”, conclui Pacheco. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink