Soja: Queda do dólar afeta somente preços no Paraná
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,684 (0,11%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (2,18%)

Imagem: Divulgação

COTAÇÕES

Soja: Queda do dólar afeta somente preços no Paraná

No Rio Grande do Sul, os preços se mantiveram inalterados
Por: -Leonardo Gottems
333 acessos

De acordo com informações da T&F Consultoria Agroeconômica, os preços da soja brasileira só foram afetados pela queda do dólar no estado do Paraná, nos demais, eles seguiram firmes. “Com uma disponibilidade maior do que a do RS, porque não teve seca como o estado gaúcho na última safra, o Paraná tem um quadro de oferta e demanda mais equilibrado e, por isso, sente mais as oscilações do dólar, que é um dos principais componentes do preço da soja”, comenta. 

“No interior dos Campos Gerais devolveu os 3 reais/saca que tinha ganho no dia anterior e fechou o dia a R$ 130,00, retirada setembro, pagamento em outubro. Para a safra 2021, o preço também devolveu os 2 reais/saca que tinha ganho no dia anterior e fechou o dia a R$ 117,00, em Ponta Grossa, entrega e pagamento abril/abril. Em Paranaguá a cotação do mercado disponível recuou 2 reais/saca para R$ 132,00, entrega setembro pagamento final de setembro”, completa. 

No Rio Grande do Sul, os preços se mantiveram inalterados, porque o principal fator de alta não é mais o dólar, mas a escassez de produto. “No entroncamento ferroviário de Cruz Alta continuou a R$ 136,00, R$ 135,50 em Ijuí e R$ 135,00 em Passo Fundo, para final de setembro. Para pagamento em outubro os preços oferecidos oscilavam entre R$ 140/141,00/saca nestas praças”, informa. 

Em Santa Catarina, preços oferecidos pelas Tradings no porto catarinense de São Francisco do Sul continuam elevados. “Da safra 2020/21, entrega em abril e pagamento em 05 de maio de 2021 R$ 117,50; entrega em maio e pagamento em04 de junho R$ 118,20; entrega em junho e pagamento em 05 de julho R$ 119,50; entrega em julho e pagamento em 05 de agosto R$ 120,50”, indica. 

“No Mato Grosso do Sul, da safra 2019/20 foram negociadas 20.000 toneladas a preços entre R$ 133,00 e R$ 136,00/saca. Da safra 2020/21 foram negociadas 30.000 toneladas a preços entre R$ 105,00 e R$ 106,00. Da safra 2021/22 foram negociadas 30.000 toneladas ao redor de R$ 100,00/saca. No Mato Grosso, da safra 2019/2020 foram negociadas 30.000 toneladas. Estoque baixo e mercado muito especulador não permitiram o fechamento de grandes volumes. Para embarque em outubro e pagamento em72 horas o preço foi de R$ 127,00", conclui. 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink