Soja cai 1,2% com avanço do plantio
CI
Agronegócio

Soja cai 1,2% com avanço do plantio

Por:

Cerca de 74% das lavouras americanas foram semeadas, diz USDA. O clima favorável ao avanço do plantio da soja nos Estados Unidos derrubou os contratos futuros do grão ontem, na Chicago Board of Trade (CBoT). Contratos para novembro (safra nova) caíram 1,2% e fecharam a 553,25 centavos de dólar por bushel na bolsa.

Relatório de plantio divulgado ontem mostra que 74% das lavouras americanas estão plantadas, contra 67% registrado no ano passado e a média de 77% apurada nos últimos cinco anos.

"Se, a princípio, havia temor de atraso no plantio da safra americana, esse temor se dissipou completamente com o último relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA)", diz o corretor Renato Sayeg, da Tetras.

Com o avanço dos trabalhos, o foco do mercado passa a ser a germinação das lavouras.

A safra velha de soja também fechou em baixa, em razão da fraca demanda medida pelo relatório semanal de exportações do USDA. Na 39ª semana do ano comercial, os embarques totalizaram 3,3 milhões de bushels (91,3 mil toneladas), abaixo da expectativa do mercado, que falava entre 5 milhões e 10 milhões de bushels.

A valorização do dólar frente ao euro também pesou no pregão, uma vez que torna as commodities americanas menos competitivas no mercado internacional.

Contratos para agosto caíram 1,8% e fecharam a 611,75 centavos de dólar por bushel em Chicago.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.