ANÁLISE AGROLINK

Soja cai com pressão do clima nos EUA

Sessão relativamente sem intensidade especulativa
Por: -Leonardo Gottems
758 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (11.04) uma baixa de 2,25 centavos de Dólar no contrato de Maio/18, fechando em US$ 10,4775 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 1,50 e 2,25 pontos.

O mercado norte-americano da soja teve uma sessão de perdas nos principais contratos futuros, devolvendo lucros obtidos nos últimos dias. A T&F Consultoria Agroeconômica lembra que já havia adiantado que seria difícil o mercado de soja romper a resistência do patamar de UD$ 10,50 para Maio em Chicago. Houve tentativas nos últimos 3 dias, sem sucesso. 

De acordo com a AgResource, o mercado da soja não trouxe um fechamento muito agressivo, com uma sessão relativamente sem intensidade espe­culativa, quando comparado aos últimos dias: “A falta de novidades tomou conta dos bastidores da CBOT, dificultando a entrada expressiva no Mercado. A equação fundamental de preços tem colocado, cada vez mais, peso para a variável climática nos Estados Unidos. Com a janela de chuvas próxima ao fim na América do Sul, a atenção especulativa meteo­rológica se concentra nas variações de previsões para a safra norte-ameri­cana”. 

“No geral, preocupações continuam divididas entre a falta de chuvas sobre o Oeste e temperaturas muito baixas para o Leste do país. No Brasil, a colheita avança nos extremos do país. Agora com o Rio Grande do Sul aquecendo o ritmo de colheitadeiras no campo, assim como a região do MATOPIBA. É estimado que até esta semana, já tenha sido colhida 84,7% da safra de soja brasileira, contra 88,6% de média nos últimos 5 anos e 91,3% no mesmo período em 2017. A falta de chuvas sobre o Sul do Bra­sil impulsionou o avanço da colheita no Rio grande do Sul para 47,8%”, concluem os analistas. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink