Soja/CEPEA: Mercado segue com baixa liquidez
CI
Agronegócio

Soja/CEPEA: Mercado segue com baixa liquidez

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa, referente ao grão posto em armazéns no corredor de exportação de Paranaguá, em dólar, subiu 3,4%
Por:

O mercado da soja em grão continua com baixa liquidez no Brasil, segundo pesquisadores do Cepea. O Indicador ESALQ/BM&FBovespa, referente ao grão posto em armazéns no corredor de exportação de Paranaguá, em dólar (moeda prevista nos contratos futuros da BM&FBovespa), subiu 3,4% entre 6 e 13 de janeiro, fechando a US$ 28,30/sc de 60 kg na sexta-feira. Em moeda nacional, o Indicador ficou estável e finalizou a R$ 50,75/sc. Não houve negociações no porto de Paranaguá. Quanto à média ponderada das regiões paranaenses, refletida no Indicador CEPEA/ESALQ, finalizou em R$ 46,41/sc na sexta-feira, recuo de 3,11% em relação à sexta anterior. De modo geral, em boa parte do Brasil, as condições climáticas estão favoráveis ao desenvolvimento das lavouras. As preocupações se concentram apenas em algumas regiões de São Paulo, na parte sul de Mato Grosso do Sul e no Sul do País. As perdas nestas regiões, no entanto, podem ser compensadas pela maior produção das demais.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.