Soja fechou em leve alta pelo 7º dia consecutivo em Chicago
CI
Imagem: Nadia Borges
OLEAGINOSA

Soja fechou em leve alta pelo 7º dia consecutivo em Chicago

O otimismo quanto ao ritmo da demanda externa sustentou os preços
Por: -Leonardo Gottems

A soja fechou em leve alta pelo sétimo dia consecutivo na Bolsa de Chicago, mas o farelo fechou em queda e óleo em alta, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O contrato de soja para maio22, mês de referência para a comercialização da soja brasileira, em grão fechou em leve alta de 0,16% ou 2,75 cents/bushel a $ 1749,50. A cotação de maio23, que já está sendo negociada no Brasil, fechou em alta de 0,32%, ou $ 4,75 cents/bushel a $ 1510,50. O contrato de farelo de soja fechou em queda de 0,56% ou 2,8/ton curta a $ 468,6 e o contrato de óleo de soja fechou em alta de 0,90% ou $ 0,73/libra-peso a $ 81,54”, comenta.

“A soja continuou a subir, pela sétima sessão consecutiva. O otimismo quanto ao ritmo da demanda externa sustentou os preços. O USDA anunciou vendas semanais próximas ao máximo esperado pelo mercado. Dados de Vendas Semanais de Exportação mostraram que 460.244 toneladas de soja foram contabilizadas durante a semana de 14/04”, completa.

Desse total, quase 430 mil toneladas foram anunciadas anteriormente através do sistema de anúncios diários. “Os comerciantes esperavam de 300k a 800k T. As novas encomendas de grãos de safra foram relatadas como 1,24 MT, com a venda anunciada anteriormente de 554k T da China como a maioria. Destinos desconhecidos reservaram 351k T do total. O USDA tinha compromissos de safra antiga como 57,1 MT, ou 2,098 bbu, ou 99,2% da previsão do USDA. Os embarques acumulados, em 1,69 bbu, foram 79,9% do total previsto”, indica.

“O USDA também anunciou 101.825 T de reservas de farelo de soja para a semana que terminou em 14/04. Isso estava de acordo com as estimativas. As vendas de farelo de 22/23 foram relatadas como 27k T da semana. Para o óleo de soja, o relatório mostrou que apenas 1.197 T foram reservados e 5.475 T foram embarcados”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.