Soja internacional cai, mas Brasil vende para China

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Divulgação
VALORES

Soja internacional cai, mas Brasil vende para China

No mercado CFR China, as atividades continuaram a ser amplamente impulsionadas
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica, foi registrada uma queda geral nos preços da soja em todas as regiões do mercado internacional, além de ter sido reportada mais uma negociação de dois navios brasileiros para China. “Na China, os estoques totais de soja caíram 140.000 toneladas na semana para 5,05 milhões de toneladas, queda de 650.000 toneladas no mês, mas  um aumento de 1,97 milhão de toneladas em comparação com o mesmo ponto do ano passado”, comenta. 

“No mercado  CFR  China,  as  atividades  continuaram  a  ser  amplamente  impulsionadas  por  casas  de  comércio internacional, em vez de trituradores chineses, devido às margens de esmagamento negativas. Uma  remessa  de  julho  do  Brasil  mudou  de  mãos  a 162-163 c/bu sobre o futuro de julho com base CFR e a remessa de maio foi negociada a 128 c/bu sobre o futuro de maio na quarta-feira durante a noite. Na quinta-feira, uma oferta de embarque de maio foi indicada  a  140  c/bu  sobre  o  futuro  de  maio  e  uma oferta  para  julho  foi  relatada  a  165  c/bu  sobre  o futuro de julho”, completa.  

O indicador CFR China para o embarque em maio da opção mais barata com base no CFR China foi avaliado em US$ 571/tonelada. “Nos mercados de origem, os preços para embarques à vista no mercado brasileiro de papel de Paranaguá se firmaram ligeiramente no dia em relação aos futuros mais fracos e à estabilidade do real. Abril foi avaliado 1 c/bu mais baixo  em  -19  c/bu para os  futuros de maio e maio foi avaliado em -18 c/bu para os futuros de maio, equivalendo a $ 513,25/t e $ 513,75/t, respectivamente”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink