Soja não consegue ultrapassar os R$ 200,00
CI
Imagem: Expodireto Cotrijal
MERCADO

Soja não consegue ultrapassar os R$ 200,00

No Paraná os preços perdem força, sem reporte de negócios
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul a colheita da soja continua parada, mercado perde força e não consegue ultrapassar R$ 200,00, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Em reação rápida à perda em Chicago, preços no interior se equilibram com o dólar e passam pelo primeiro dia no mesmo fechamento de sexta-feira. Ijuí se manteve em R$ 198,00, Cruz Alta, Passo Fundo e Santa Rosa também, equilibrando todos os preços do interior no mesmo nível, apenas R$ 2,00 abaixo do porto”, comenta.

Em Santa Catarina o porto recua 0,51%, Joaçaba segue a níveis iguais. “Semana abre muito mais fraca e preços decaem no porto, fazendo com que se equilibrem a R$ 197,00, perda de R$ 1,00/saca em relação as últimas indicações. Joaçaba por outro lado já estava nesses preços para indústria e seguiu desta forma, não houve qualquer negócio visto que o produtor busca vender a R$ 200,00 para as datas mais próximas e nenhum comprador se mostrou disposto a pagar”, completa.

No Paraná os preços perdem força, sem reporte de negócios. “Mercado paranaense dá continuidade à tendência mais forte de baixa, como visto na semana passada. Os preços recuam por todas as regiões, com ênfase nas perdas do porto. A esses níveis os negócios seguem muito fracos, com poucos reportes quando ocorrem. Produtor ainda mira a casa de R$ 200,00 que se mostra cada vez mais distante”, indica.

“Diferente do que foi visto na sexta-feira, preços passam a recuar como um todo: Ponta Grossa, sempre mais alinhada ao porto passa pelas desvalorizações mais consideráveis ao perder 1,53%, valor equivalente a R$ 3,00/saca, as demais regiões, Cascavel e Maringá estiveram a R$ 181,00 após perda de R$ 1,00/saca e Pato Branco a R$ 180,00, também após perder R$ 1,00/saca. Não houve negócios reportados nesta segunda-feira", conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.