Soja segue em queda no mercado brasileiro
CI
Imagem: Marcel Oliveira
COTAÇÕES

Soja segue em queda no mercado brasileiro

Já o Paraná segue perdendo valor, com perdas de R$ 3-4/saca
Por: -Leonardo Gottems

Os preços soja seguem em queda no Estado do Rio Grande do Sul, com alta de Chicago anulada pela queda do dólar, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Com a alta de 1,22% de Chicago anulada pela queda de 1,27% do dólar, os preços que os compradores puderam oferecer aos vendedores, nesta segunda- feira continuou em queda. Os compradores estão se prevenindo contra quedas futuras. Para porto a queda foi de 3,21%, valor equivalente a R$ 6,00/saca, fazendo a região decair para R$ 181,00”, comenta.

“Os preços no interior recuaram de forma igualmente expressiva ao porto e os preços de pedra, Ijuí perdeu 2,21% e foi a R$ 177,00, perda equivalente a R$ 4,00/saca. Cruz Alta, perdeu 3,28%, valor equivalente a R$ 11,00/saca e desceu até R$ 177,00. Passo Fundo marcou quedas mais amenas na base de 1,64%, valor equivalente a R$ 3,00/saca, levando os preços a R$ 180,00. Santa Rosa, por fim, caiu no mesmo nível que Ijuí, valor equivalente a R$ 4,00/saca e foi a R$ 179,00”, completa a consultoria.

Já o Paraná segue perdendo valor, com perdas de R$ 3-4/saca. “Da mesma forma que as demais regiões sulistas, o PR seguiu se desvalorizando consideravelmente, mas de forma um pouco menos aprofundada. A colheita continua e está na reta final, mas as constantes chuvas tem sido um problema para o produtor. O porto marca perda de 1,67%, valor equivalente a R$ 3,00/saca e vai a R$ 177,00, distanciando os preços cada vez mais das máximas anteriores, a diferença entre a consolidação anterior e o preço de agora é de R$ 7,00/saca”, indica.

“No interior todos os preços passaram por quedas. Começando por Ponta Grossa a perda de hoje foi de 0,57%, valor equivalente a R$ 1,00/saca, sendo a região menos afetada pela fraqueza do mercado dessa segunda-feira, as demais regiões, Cascavel, Maringá e Pato Branco se desvalorizaram de forma mais expressiva em cerca de 2,3%, valor equivalente a R$ 4,00/saca, o que os levou respectivamente a R$ 167,00, R$ 167,00 e R$ 166,00 para Pato Branco”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.