Soja sobe mais R$ 1,00/saca no interior do RS
CI
Imagem: Divulgação
COTAÇÕES

Soja sobe mais R$ 1,00/saca no interior do RS

Já no Paraná o porto sobe R$ 3,00/sc, interior R$1,00/sc
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul, os preços de pedra da soja subiram em R$ 2,00/saca, levando a saca a R$ 175,00 enquanto o porto marcou alta de 1,05%, valor equivalente a R$ 2,00/saca, fazendo a região alcançar R$ 192,00, segundo informações da TF Agroeconômica. “No interior os preços sobem R$ 1,00/saca em Cruz Alta levando a saca a R$ 187,00, em Ijuí e Passo Fundo a mesma diferença foi vista, alta de R$ 1,00/saca e valores chegando a R$ 187,00. Ademais, fábricas e tradings seguem disputando os preços no interior. A sexta-feira trabalhou com menor firmeza devido à baixa do dólar que, consistentemente, segura os preços no Brasil. A cotação mais baixa de hoje chegou na base de -0,65%, enquanto a alta da soja grão foi de 1,35%”, comenta.

Em Santa Catarina o preço sobe 1,10% no porto, nada de negócios. “Em SC nenhum movimento expressivo foi visto hoje, nem nos preços nem no mercado, em fato a volatilidade do mercado está tornando os negócios mais escassos na maioria das regiões, os únicos produtores que buscam efetuar vendas são os com pequenos estoques de soja disponível”, completa a consultoria.

Já no Paraná o porto sobe R$ 3,00/sc, interior R$1,00/sc. “No dia de hoje Paraná marcou elevações de preços apenas no porto e em Ponta Grossa, com ambos subindo com menor expressividade em relação aos demais dias da semana. Isso se deve à falta de interesse no mercado como um todo, que passa por um momento delicado tanto para o dólar quanto para Chicago, com muita especulação a respeito dos estoques mundiais, como pela própria dinâmica interna do Paraná”, indica.

“No caso dos preços de Cascavel, Maringá e Pato Branco, o dia não marcou evoluções em relação aos níveis vistos anteriormente, apenas Ponta Grossa que costuma trabalhar em conjunto com o porto passou por melhora sucinta de 0,55%, valor equivalente a R$ 1,00/saca. Ademais, nada em negócios foi visto”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.