Soja tem nova queda nos preços
CI
Imagem: Divulgação
COTAÇÕES

Soja tem nova queda nos preços

Mato Grosso do Sul não registrou negócios
Por: -Leonardo Gottems

Foi registrada uma nova queda forte de mais cinco reais/saca no preço da soja nesta quarta-feira no mercado do Rio Grande do Sul, segundo o que informa a TF Agroeconômica. “Com as fortes quedas de Chicago e do dólar, nesta quarta-feira, os preços que as indústrias e Tradings puderam oferecer recuou entre 1,70% e 2,68%. Assim, os preços caíram R$ 4,50/saca em Rio Grande e R$ 3,0 em Cruz Alta (Tradings), quatro reais/saca em Ijuí e Santa Rosa e três reais/saca em Passo Fundo, com a indústria local já mais abastecida”, comenta. 

No Paraná, o recuo nos preços da oleaginosa chegam a quase sete reais em algumas praças. “Soja spot voltou a recuar dois reais/saca para R$ 155,00 do preço no balcão, nesta quarta-feira. No  mercado  de  lotes,  os  preços  também  recuaram mais cinco reais/saca para R$ 162,00 posto em Ponta Grossa,  pagamento  final  de  janeiro  de  2021  e  sete reais/saca  para  R$  163,00  para  pagamento  final  de fevereiro. Soja  futura  os  preços  permaneceu  em  R$  162,00 Ponta Grossa para safra 2021 abril/abril”, completa. 

Com queda de Chicago e do dólar os preços recuaram cerca de 1,32% no estado de Minas Gerais. “Como a soja de Minas Gerais vai em grande parte para a exportação, sofreram forte influência das quedas conjuntas de  Chicago  (16,25  cents/bushel)  e  do  dólar  (0,63%) nesta quarta-feira. Com  isto,  os  compradores  tiveram  que  recuar  em 1,32% ou entre 1 e  2 reais/saca os preços oferecidos aos produtores”, indica. 

Já no Mato Grosso do Sul, não houve negócios conhecidos. “Com  mercado  em  queda  não  houve  negócios conhecidos nesta quarta-feira no Mato Grosso do Sul. O  mercado  já  vinha  travado,  pelo  receio  dos agricultores de  comprometerem mais do  que os 60% já negociados  da  safra que  nem começaram a colher ainda e  uma  seca,  aliviada  hoje  por forte chuva,  que trouxe novo alento aos produtores”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink