Soja volta a cair com exportações menores

ANÁLISE AGROLINK

Soja volta a cair com exportações menores

Diminuição no volume total exportado pelos EUA no ano comercial 2017/18
Por: -Leonardo Gottems
96 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quinta-feira (13.09) perdas de 6,75 pontos no contrato de Novembro/18, fechando em US$ 8,3325 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 6,25 e 6,75 pontos.

O mercado norte-americano da soja registrou perdas nos principais contratos futuros, após a divulgação de uma diminuição no volume total exportado pelos EUA no ano comercial 2017/18. A T&F Consultoria Agroeconômica destaca que as previsões do USDA para a safra 2018/19 também pesaram sobre as cotações: “Em seu relatório de oferta e demanda de setembro, divulgado na quarta-feira, o USDA aumentou a sua projeção de produção de soja do país”.

A Consultoria AgResource aponta que, assim como esperado, a sessão de hoje trouxe um movimento premeditado com as cotações tentando operar em ambos os lados do Mercado: “Fundos adicionaram novas vendas enquanto que usuários finais aproveitaram a desvalorização dos grãos para adicionar novas compras. No entanto, nenhum dos dois lados pretende se posicionar agressivamente, uma vez que os contratos líquidas totais dos fundos especuladores ainda são majoritariamente empilhados no lado vendido do Mercado da soja”. 

“As exportações norte-americanas da oleaginosa começam um novo ano comercial de maneira enfraquecida. Com o total acumulado já vendido de 17 MT de soja, sendo o menor valor desde 2015. Não há dúvidas que os produtores americanos já estão sendo prejudicados pelos atritos EUA-China”, concluem os analistas da ARC. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink