Sojicultor gaúcho recorre a seguro
CI
Agronegócio

Sojicultor gaúcho recorre a seguro

Número de solicitações de Proagro para a soja deve se equiparar às do milho
Por:
Emater estima que número de solicitações de Proagro para a soja deve se equiparar às do milho

Começaram a desaguar nos bancos os primeiros pedidos de indenização por causa dos estragos da estiagem sobre a produção de soja no Rio Grande do Sul, onde a safra da oleaginosa deve encolher em 2,3 milhões de toneladas. Nas últimas duas semanas, a Emater recebeu 350 Comunicados de Ocorrência de Perdas (COP) de sojicultores, o primeiro passo para acionar o Proagro. Com a predominância de tempo seco e calor, clima que provoca amadurecimento escalonado e florescimento múltiplo e tardio, a previsão é de uma avalanche de comunicados a partir da próxima semana.


O coordenador de Crédito Rural da Emater, Cezar Ferreira, estima que o número de solicitações deve se equiparar ao registrado no milho, que já apresenta números praticamente definitivos. Até essa terça-feira (14), os produtores do cereal encaminharam 14,3 mil pedidos de perícia.


Segundo Ferreira, a Emater atendeu a 12,2 mil ocorrências. O seguro público federal obrigatório para produtores que tomam crédito do Pronaf pode ser acionado quando a perda supera 30% da expectativa de produção. O seguro cobre 100% do custeio e até 65% da renda no limite de R$ 3,5 mil por produtor. O Banco do Brasil recebeu 12.049 pedidos na safra 2011/2012. O valor total dessas operações é R$ 126 milhões e a maior parte ainda está em fase de análise.


Mas a certeza do ressarcimento ainda levará um tempo. O prazo determinado pelo Banco Central para conclusão das análises é de até 60 dias úteis após o recebimento do laudo da empresa vistoriadora. Para concluir os processos no menor tempo possível, as equipes de análise foram ampliadas. A indenização referente ao financiamento é amortizada no saldo devedor, e a referente à parcela de recursos próprios é creditada na conta do agricultor.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.