Sorgo forrageiro para silagem: chegou a hora do plantio
CI
Agronegócio

Sorgo forrageiro para silagem: chegou a hora do plantio

A produção estimada gira em torno de 18.000.000 de toneladas de silagem
Por:

De acordo com o Grupo Pró-Sorgo, na safra 2007/2008 foram plantados no Brasil cerca de 400.000 hectares de sorgo destinados à produção de silagem. A produção estimada gira em torno de 18.000.000 de toneladas de silagem, o que acaba tendo uma importância estratégica no abastecimento de grãos e de forragem no Brasil, pois contribui, entre outras coisas, com o equilíbrio dos chamados estoques reguladores de grãos energéticos e com o crescimento sustentado da pecuária.

Os meses de outubro e novembro são o momento mais propício, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, para o plantio do sorgo forrageiro para produção de silagem. Esta cultura é própria à silagem pelas suas características agronômicas, como a alta produção de forragem, a capacidade de explorar maior volume de solo (devido ao sistema radicular profundo e abundante) e a conhecida maior tolerância à seca e ao calor.

Segundo o pesquisador José Avelino Santos Rodrigues, que trabalha com melhoramento genético de sorgo na Embrapa, “um importante aspecto no plantio é a regulagem da densidade de plantio; a chamada densidade ótima, que promove o rendimento máximo da lavoura, varia basicamente com a cultivar e com a disponibilidade de água e nutrientes”. No caso do sorgo forrageiro, a densidade normalmente recomendada fica entre 100.000 e 200.000 plantas por hectare na hora da colheita.

Outro item importante, e que está associado à densidade de plantio, é o espaçamento entre as fileiras que, no Brasil, geralmente é de 70 cm. Mas José Avelino ressalta que existe, como no caso de outras culturas agrícolas, também no sorgo uma tendência de se usar espaçamentos cada vez mais reduzidos. Um ponto fundamental para o sucesso da lavoura é a profundidade de plantio que, segundo o pesquisador, deve ser entre 3 e 5 cm.

Em relação às plantas daninhas, que no caso do sorgo forrageiro podem derrubar até a metade da produção, José Avelino sugere a aplicação de herbicidas. “Toda atenção deve ser dada às recomendações dos fabricantes quanto à dosagens, às plantas daninhas susceptíveis, ao método de aplicação e à toxicologia. Não deve ser esquecida também a calibragem do pulverizador”, explica.

PRIMEIROS PASSOS - Antes de plantar, o primeiro passo para o produtor é providenciar uma análise de solo em laboratórios credenciados. Segundo o pesquisador Flávio Dessaune Tardin, também da área de melhoramento genético de sorgo da Embrapa, “a análise de solo antes do plantio do sorgo forrageiro serve para mostrar ao produtor a quantidade de adubo que deve ser aplicada na área, de forma a obter produtividade máxima e econômica”.

Outro ponto fundamental para o sucesso da lavoura, assim como acontece em outras culturas agrícolas, é em relação à escolha da semente. Flávio conta que as diferentes sementes que existem no mercado “devido à sua genética, podem responder diferentemente ao tipo de clima, solo, região, época de plantio, densidade de plantio e outros fatores”. Portanto, outubro e novembro é hora de procurar saber qual a semente é mais adaptada à região onde o produtor se encontra.

A Embrapa Milho e Sorgo desenvolve híbridos de sorgo para atender à demanda dos produtores rurais por forragem e silagem de alta qualidade. As opções são os híbridos BRS 610, BRS 701, BRS 700 (foto acima), BRS 601 e as variedades BRS 506 e BRS Ponta Negra. Uma das vantagens de se fazer silagem com sorgo, em relação ao milho, é o custo de produção menor, principalmente porque a produtividade da forragem de sorgo é, de acordo com os pesquisadores da Embrapa, bem superior à do milho.

Outras informações podem ser obtidas junto à Área de Comunicação Empresarial (ACE) da Embrapa Milho e Sorgo: (31) 3027-1272 ou clenio@cnpms.embrapa.br


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.