Sorriso investe na produção de mel
CI
Agronegócio

Sorriso investe na produção de mel

Produção de mel é uma alternativa de renda para pequenos produtores rurais
Por:
O município de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá), que se destaca como um dos maiores produtores de grãos de Mato Grosso, começa a investir também na apicultura. Neste final de julho encerra-se a colheita deste ano e a produção deve chegar a 12 toneladas de mel. O presidente da Associação dos Apicultores de Sorriso (Apis) Lidenor Bacca diz que a cada ano, a atividade tem se tornado um negócio rentável, principalmente para as famílias de pequenos e médios produtores rurais, que passam a contar com uma alternativa a mais de investimento para fonte de renda.


Recentemente, para que os produtores de mel da região tenham ainda mais segurança, foi inaugurada a Casa de Extração do Mel, construída há aproximadamente 12 quilômetros de Sorriso. Segundo Lidenor, a partir de agora todos os 32 integrantes que fazem parte da Associação dos Apicultores de Sorriso passam a fazer todo o processo de extração do mel no novo local, o que antes era feito nas casas dos próprios apicultores.


O produtos explica que a tendência é que o negócio realmente dê certo, tanto que em maio do ano passado a Prefeitura de Sorriso fez o repasse de R$ 20 mil para a associação, que foram investidos na construção da Casa de Extração, junto com recursos da própria associação. A secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sefraf), fez a entrega de uma mesa e a centrífuga para a retirada do mel. Os apicultores ainda receberam um montante de madeira que foi apreendida pelo Ibama, que será usada para fabricarem a estrutura das caixas onde ficam as abelhas. Esta será a primeira Casa de Extração do Mel do norte do Estado, construída por meio de uma associação. E depois de pronta, a expectativa é de chegar a 20 toneladas de mel por ano.


Em função disso, o mercado de mel na cidade tem deixado os apicultores bastante otimistas, em especial com a tomada de decisão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em comprar a produção a partir do próximo ano. Com o mel sendo vendido a cerca de R$ 10,00 o quilo, os apicultores da associação comemoram a lucratividade, pois juntos estão comercializando 12 toneladas ano. Hoje, há mais de 20 associadas cadastrados na Apis. Contudo, para ter sucesso é preciso estar atento ao sistema de operacionalização. Ele cita o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso (Sebrae-MT) como entidade que oferece cursos e palestras, consultorias, informações de gestão e ainda auxilia na aproximação de parceiros e clientes em todo o Estado. Ele destaca ainda o papel da Secretaria Municipal de Agricultura de Sorriso que tem dado total  apoio à atividade, oferecendo acompanhamento técnico aos apicultores, bem como na comercialização.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink