Startups de biológicos levantaram US$ 892 milhões
CI
Imagem: Divulgação
MERCADO AQUECIDO

Startups de biológicos levantaram US$ 892 milhões

Há dois fatores principais por trás dessa explosão
Por: -Leonardo Gottems

As startups que desenvolvem insumos biológicos arrecadaram aproximadamente US$ 892 milhões em todo o mundo no ano passado, de acordo com levantamento da AgFunder, que é um fundo de investimento desse setor. O financiamento a essas empresas emergentes bem mais que dobrou em relação à 2020, ano marcado pelo início da pandemia.

Os números da AgFunder foram revisados para cima em relação à última estimativa, que usa como modelo uma projeção de 12 meses com base em tendências históricas. O resultado acima do esperado reforça “o quanto o interesse no espaço cresceu”, afirmam os investidores, que levam em conta desenvolvedores de biofertilizantes, biopesticidas, biofungicidas e bioestimulantes.

“Há dois fatores principais por trás dessa explosão de interesse dos investidores em insumos biológicos. Por um lado, há a combinação de pressões ambientais, regulatórias e do consumidor que afastam a indústria agrícola do uso excessivo e da dependência de insumos químicos. Os fertilizantes e pesticidas sintéticos de base química são normalmente pulverizados de forma imprecisa nos campos. Quantidades em excesso são lixiviadas para o ambiente circundante e podem oxidar, contribuindo para as emissões de gases de efeito estufa. Alternativas biológicas, argumenta-se, são mais direcionadas em sua ação e têm menos impacto negativo em seu entorno”, explica o AgFunder.

O segundo grande impulsionador vem do mercado, apontam os investidores, se deve às interrupções na cadeia de suprimentos do COVID-19, o que levou os preços de vários produtos químicos a serem fortemente reajustados. “Este é particularmente o caso quando se trata de fertilizantes nitrogenados sintéticos, que são produzidos principalmente a partir de matérias-primas como amônia e ureia. Os preços dessas commodities subiram durante 2021 e no início deste ano, atingindo altas de vários anos em alguns casos”, conclui o Fundo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.