Stephanes: economia brasileira precisa dos nossos agricultores

Agronegócio

Stephanes: economia brasileira precisa dos nossos agricultores

O ministro ressaltou a parceria entre os ministérios da Agricultura, Fazenda e Planejamento e o Banco do Brasil na tomada de decisões para a atividade
Por:
182 acessos

“Estamos no caminho certo.” Desta forma, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, iniciou seu discurso durante o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2009/2010, nesta segunda-feira (22), em Londrina/PR.

Nessa tarde, Stephanes se referiu às políticas públicas destinadas ao setor. Ele ressaltou a parceria entre os ministérios da Agricultura, Fazenda e Planejamento e o Banco do Brasil na tomada de decisões para a atividade, que é responsável pelo superávit da balança comercial do agronegócio.

Conforme Stephanes, apesar da crise econômica mundial, que afetou países desenvolvidos e em desenvolvimento, é necessário manter o otimismo do setor agropecuário, pois o mundo vai retomar o crescimento e a demanda por alimentos continua elevada. “A economia vai precisar muito dos nossos agricultores, por isso há determinação do governo em ampliar em 40% o volume de recursos para a safra que começa em 1º de julho”, afirmou.

O Plano Agrícola e Pecuário 2009/2010 destinará R$ 107,5 bilhões para plantio, comercialização, colheita e acesso ao seguro. Desse total, R$ 92,5 bilhões serão para a agricultura empresarial e R$ 15 bilhões para a agricultura familiar. Entre as principais prioridades estão o incentivo à classe média rural, às cooperativas e à produção sustentável.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink