Substância natural tem mesmo efeito que o glifosato
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,170 (1,12%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)

Imagem: Pixabay

DESCOBERTA

Substância natural tem mesmo efeito que o glifosato

Pesquisa foi feita na Alemanha
Por: -Leonardo Gottems
1760 acessos

Pesquisadores da Universidade de Tübingen, na Alemanha, descobriram uma substância que ocorre naturalmente e tem o mesmo efeito do herbicida glifosato. É uma molécula de glicose produzida por um determinado tipo de cianobactéria, também conhecida como alga verde-azulada. 

O objetivo inicial do grupo de pesquisadores liderado por Klaus Brilisauer , Stephanie Grond e Karl Forchhammer era observar essas bactérias. A descoberta da molécula de glicose veio por acaso. A cianobactéria de água doce chamada Synechococcus elongatus tem um comportamento bastante egoísta. Ele libera "desoxisedoheptulose 7" (abreviado no estudo como "7dSh") para inibir o crescimento de cepas concorrentes de bactérias. Isso é tão eficaz que os pesquisadores de Tübingen queriam saber o que estava por trás do processo. 

Embora atue em uma enzima diferente, segue a mesma via metabólica, a chamada 'via do ácido shiquímico", explica Brilisauer. Portanto, o efeito é o mesmo. As plantas tratadas com essa molécula de glicose reduzem seu crescimento.  

Por meio da "via do ácido shiquímico", as plantas e os microrganismos produzem aminoácidos importantes para si próprios. E uma vez que esta forma de metabolização não existe nas formas superiores de vida, como o homem e os animais, "7dSh" não é perigoso para eles. 

“Aplicamos altas doses da molécula em embriões de peixe-zebra sem efeitos negativos”, diz Brilisauer. Apesar disso, o “7dSh” ainda não pode ser utilizado, pois não foi testado fora do laboratório. Além disso, a licença para uso como herbicida não existe. “Já estamos em negociações com parceiros de cooperação”, diz Brilisauer. 

O objetivo é que esses parceiros testem a nova substância. “Esperamos que tenha boa biodegradabilidade e baixa toxicidade ecológica”, confessa Brilisauer. Na prática, este pode ser o principal obstáculo da nova substância, se degrada muito rapidamente, não poderá exibir seu efeito herbicida. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink