Suco de laranja desce ao menor patamar em três meses

Agronegócio

Suco de laranja desce ao menor patamar em três meses

Os contratos com vencimento em julho fecharam a 75.05 centavos de dólar por libra-peso, queda de 225 pontos
Por:
235 acessos

Piso em três meses. As cotações do suco de laranja não resistiram à valorização do dólar e à queda do petróleo e desceram ao menor patamar em três meses ontem na bolsa de Nova York. À agência Dow Jones Newswires, traders nova-iorquinos afirmaram, porém, que os "fundamentos" do mercado permanecem "altistas" em virtude da possibilidade de que o clima adverso na Flórida prejudique os pomares de laranja do Estado americano. Os contratos com vencimento em julho fecharam a 75.05 centavos de dólar por libra-peso, queda de 225 pontos, enquanto setembro recuou 235 pontos, para 78,05. Em São Paulo, a caixa de 40,8 quilos da fruta destinada às indústrias de suco saiu, em média, por R$ 3,57, de acordo com levantamento realizado pelo Cepea/Esalq.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink