Tailândia recusa retorno de paraquat e clorpirifos
CI
Imagem: Divulgação
PESTICIDAS

Tailândia recusa retorno de paraquat e clorpirifos

Sociedade civil exercia pressão
Por: -Leonardo Gottems

Uma solicitação para estender o uso do herbicida paraquat e do pesticida clorpirifos por alianças pró-químicas foi rejeitada pelo Comitê Nacional de Substâncias Perigosas (NHSC) da Tailândia, presidido pelo Ministro da Indústria Suriya Jungrungreangkit. Vinte dos 27 membros do comitê votaram pela manutenção da proibição do uso de paraquat e clorpirifos no setor agrícola, enquanto quatro votaram contra e três se abstiveram. 

De acordo com o Bangkok Post, a resolução final do NHSC encerrou um esforço de anos dos defensores dos produtos químicos para revogar a proibição. O NHSC votou em 28 de setembro do ano passado para proibir o uso de paraquat e clorpirifos, bem como restringir o uso de glifosato no setor agrícola até 1º de abril. 

O prazo final foi movido para 1º de junho após a pressão de grupos pró-químicos, que solicitaram ao NHSC um adiamento adicional da aplicação da proibição, argumentando que não há produtos químicos substitutos para substituí-los. Além disso, os custos de produção agrícola aumentaram 40% quando os agricultores mudaram para produtos agro-agrícolas mais caros com resultados menos eficazes. 

No entanto, a forte pressão de grupos da sociedade civil e do Ministério da Saúde Pública finalmente colocou o NHSC em uma posição em que sentiu que deveria agir. O comitê também ordenou que o Ministério da Agricultura encontrasse alternativas para ajudar os agricultores a lidar com o impacto financeiro da proibição. 

Para Suriya, no entanto, esta decisão é final. Não deve haver mais nenhum pedido para reconsiderar a resolução porque o comitê deixou claro que esses produtos químicos são perigosos para a saúde e muitos outros países também proibiram seu uso. Enquanto isso, o governo prometeu substituir o agroquímico dito prejudicial por alternativas que não custem muito aos agricultores. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.