Técnicos do Rurap participam de capacitação em Integração LPF

Agronegócio

Técnicos do Rurap participam de capacitação em Integração LPF

No período de 23 a 26 de novembro será realizado o curso “Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) no Amapá
Por:
1056 acessos
Mais uma turma de técnicos de extensão do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap) participará de uma programação de capacitação em sistema produtivo Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF), ministrada
por pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). No período de 23 a 26 de novembro será realizado o curso “Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) no Amapá”. As aulas teóricas acontecerão de terça-feira a quinta-feira, no auditório do prédio de Transferência de Tecnologia, e no último dia, 26/11, os participantes conhecerão in loco duas áreas de uso do sistema iLPF no Campo Experimental do Cerrado, localizado no KM 44 da BR-156. Também farão parte deste curso seis estudantes bolsistas da Embrapa Amapá na área de pesquisas. Os instrutores do curso e da visita de campo são pesquisadores da Embrapa Amapá e da Embrapa Amazônia Oriental (Pará).

A programação do curso, coordenado pelo pesquisador Nagib Melém, consta de palestras e discussões abordando as atividades de iLPF desenvolvidas atualmente na Amazonia, com foco no Estado do Amapá, além temas como manejo do solo, componente arbóreo, degradação e recuperação de pastagens e crédito rural para iLPF.

De acordo com o supervisor da Área de Comunicação e Negócios da Embrapa Amapá, Walter Paixão de Sousa, durante a visita ao Campo Experimental do Cerrado os participantes conhecerão uma área de experimentos de integração de pastagem sem o componente florestal e outra com o componente florestal (eucalipto) com o objetivo de verificar os efeitos sobre as propriedades físicas do solo, especialmente com relação ao acúmulo de matéria orgânica. “Em outra área do campo visitaremos o experimento da integração lavoura-pecuária-floresta, composto de plantios já feitos de milho e feijão-caupi, de componentes florestais (eucalipto, taxi e gliricídia) e em 2011 plantaremos gramínea forrageira”, acrescentou Walter Paixão.

A programação do curso será aberta com as boas-vindas do chefe-geral da Embrapa Amapá, Silas Mochiutti, a partir das 8 horas, no auditório da instituição de pesquisa. Em seguida, participarão da saudação inicial o diretor executivo do Rurap, Jaezer Dantas, o delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Rural (MDA) no Amapá, Max Ataliba Ferreira Pires, e o coordenador do curso, pesquisador Nagib Melém. Ainda na manhã de terça-feira (23-11), a pesquisadora da Embrapa Amazônia Oriental (Pará), Gladys Beatriz Martinez, vai abordar os conceitos, metodologias e resultados já obtidos na pesquisa sobre o sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) na Amazônia. A tarde de terça-feira está reservada para Nagib Melém apresentar a pesquisa e benefícios sobre o manejo do solo em sistema ILPF.

Na quarta-feira (24) pela manhã, o componente arbóreo em sistemas iLPF é o tema da apresentação do pesquisador Embrapa Amazônia Oriental (Pará), Arystides Resende Silva, e à tarde o pesquisador Moacyr Bernardino Dias Filho, também da Embrapa Amazônia Oriental, ficará encarregado de palestra abordando degradação e recuperação de pastagens no sistema iLPF. Duante a manhã quinta-feira (25), o Sistema Plantio Direto em iLPF será apresentado pelo pesquisador Luís Wagner Rodrigues Alves, da Embrapa Amazônia Oriental. O crédito rural para iLPF será um tema apresentado pelo gerente de crédito rural do Rurap, José Alves de Lima Neto, na tarde de quinta-feira. A manhã de sexta feira (26), será dedicada ao Dia de Campo “Demonstração de sistemas de ILPF experimentais”, no Campo Experimental do Cerrado, tendo como instrutores os pesquisadores da Embrapa Amapá, Adilson Lima, Gilberto Yokomizo, Nagib Melém e Rogério Alves, e da Embrapa Amazônia Oriental, Luís Wagner Rodrigues Alves.
As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Amapá.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink