Tecnologia pode aumentar tempo de prateleira de alimentos
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,632 (-1,41%)
| Dólar (compra) R$ 5,51 (-1,34%)

Imagem: Pixabay

VIDA ÚTIL

Tecnologia pode aumentar tempo de prateleira de alimentos

Um dos ganhos ao utilizar ozônio é o controle de liberação do etileno em frutas e a desinfecção de verduras e legumes
Por: -Aline Merladete
1180 acessos

O Brasil está entre os três maiores exportadores agrícolas do mundo, porém boa parte dos alimentos não chega até o destino final. 80% das frutas e verduras é perdido no transporte e nas centrais de abastecimento.

De acordo com o Eng. Agrônomo Marco Aurélio Frossard, especialista em tecnologia pós-colheita de frutas para exportação, um dos ganhos ao se utilizar ozônio é o controle de liberação do etileno em frutas e a desinfecção de verduras e legumes, o que garante maior tempo de prateleira.

Com foco no atendimento do mercado agro e supermercados, o equipamento Oxiativa CF representa um sistema com tecnologia brasileira para aumento de shelf life e redução de odores indesejáveis em alimentos. O gerador de ozônio foi desenvolvido pela empresa Panozon Ambiental S/A, e projetado para câmaras frias usadas no armazenamento de frutas, legumes, verduras e carnes.

Segundo Carlos Heise, CEO da Panozon, a ideia do Oxiativa CF é “atender a uma necessidade do mercado interno e trazer uma solução para aumentar o tempo de vida útil da armazenagem, por meio de uma aplicação segura, contínua e consistente. Uma grande diferença do nosso gerador de ozônio para outros existentes no mercado é a durabilidade. O que se vê no mercado são máquinas, muitas vezes com células trazidas da China, que em poucos meses de uso já não funcionam mais a contento. Já o Oxiativa CF é um sistema com geração de ozônio bastante estável ao longo do tempo e tem uma vida útil estimada em mais de 10 anos.” O sistema Oxiativa CF funciona através de liberação automática do gás, com a possibilidade de aumentar ou diminuir a produção de ozônio por meio do sensor que vem junto ao equipamento. Com essa nova possibilidade, agronegócios poderão aumentar o shelf life de seus produtos e evitarão desperdícios.

Conforme dados divulgados pela assessoria de imprensa, pela sua capacidade de limpeza e eliminação de vírus, fungos e bactérias, o produto também é indicado para uso em frigoríficos e peixarias, algo que até então não era tão comum. Utilizando somente o gás ozônio durante o processo, o equipamento realiza o controle da contaminação das carnes, elimina odores indesejáveis e oferece mercadorias mais seguras para o consumidor.

Outro ponto positivo dessa novidade, para o mercado brasileiro, é o custo para consumidor final, já que sua fabricação é totalmente local e com tecnologia própria. “O Oxiativa CF tem um custo de produção bastante competitivo, por isso, pretendemos ofertar o gerador com preços a partir de R$ 4.300,00. Em comparação a máquinas importadas com a mesma qualidade, o comprador estará economizando e, com os ganhos obtidos na preservação dos alimentos, o equipamento se paga em poucos meses”, explica Murilo Vieira, coordenador de vendas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink