Tecnologias agem contra agentes externos na safra
CI
Imagem: Marcel Oliveira
GARANTIAS

Tecnologias agem contra agentes externos na safra

Ferramentas podem minimizar os riscos de perdas por clima e manejos
Por: -Eliza Maliszewski


Fatores ambientais como o clima são o que mais impactam a qualidade da safra. Ferramentas tecnológicas auxiliam a driblar esses efeitos e ter melhores resultados na colheita. Sistemas cada vez mais modernos permitem prever fenômenos e manejar corretamente a lavoura. As dicas são da CEO do centro de inovação do agronegócio, Orchestra Innovation Center, Nathália Secco.

Uma das ferramentas mais utilizadas na atualidade é o monitoramento com estações meteorológicas. Modernos sensores captam fatores com vento, umidade, chuva, sol e pressão atmosférica de forma a antecipar as mudanças do clima e fazer um plano de gerenciamento.

Ainda aliado ao clima fatores como a estiagem costuma trazer perdas severas. O uso de irrigação pode ser uma boa solução. Se o investimento em irrigação por pivô costuma ser cara, é possível fazê-la com drones. A tecnologia pode driblar tanto a falta quanto o excesso de água, já que possuem sensores acoplados capazes de identificar com precisão áreas que demandam mais ou menos água e ser de grande ajuda para pequenos produtores em épocas de seca.

A aplicação dos defensivos também deve ser observada. São produtos de alto valor no cultivo e devem ser aplicados de forma correta para evitar perdas, deriva e não sobrecarregar o solo. Sensores de agricultura de precisão orbitais, aéreos e terrestres podemos contar com a aplicação à taxa variável de herbicidas. Essa tecnologia tem sido grande aliada do produtor por meio de sistemas de mapeamento e análises de amostragens do solo, sendo possível identificar a real necessidade de cada talhão e garantir a distribuição correta do insumo. Hoje já existem startups que trabalham exclusivamente com tecnologias voltadas a aplicações localizadas de fácil acesso em diversas regiões.

Outra alternativa que ganha espaço é a agricultura vertical. Praticada em ambiente fechado e protegido, em camadas verticais, as instalações simulam o clima ideal, oportunizando o controle total da produção. O modelo ainda pode ser sustentável com uso de energia solar e reuso de água.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink