Agronegócio

Tese sobre armazenagem pode subsidiar trabalho do setor em MT

Professores universitários e produtores mato-grossenses se unem para ajudar setor de armazenagem
Por: -Assessoria de Imprensa
1 acessos

A falta de unidades armazenadoras para estocar a produção de grãos na região norte do Mato Grosso, aliada ao aumento da demanda de milho e arroz para o Nordeste, está motivando a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a se unir a professores universitários e produtores mato-grossenses a desenvolver um modelo para ajudar o setor.

Segundo o diretor de Gestão de Estoques da Conab, Pedro Beskow, a idéia é aproveitar informações da tese de mestrado da professora Renata Ferrari, da Universidade de São Paulo (USP), que defende um modelo matemático de redução de custos de armazenagem de soja e seu escoamento até os portos. Ferrari apresentou a sua pesquisa a empregados da Conab, em Brasília, na segunda-feira (20).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink