Tocantins quer aumentar em 350% o plantio de silvicultura

Agronegócio

Tocantins quer aumentar em 350% o plantio de silvicultura

Nesta segunda-feira, 13, a Diretoria de Silvicultura inicia um levantamento das áreas de plantio em todo o Estado. A equipe técnica percorrerá 50 municípios tocantinenses
Por:
461 acessos

O plantio da silvicultura no Tocantins é reforçado com ações de incentivos para o aumento da produção sustentável. A expectativa da Seagro – Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento é aumentar o plantio em 350% até o final de 2011. Nesta segunda-feira, 13, a Diretoria de Silvicultura inicia um levantamento das áreas de plantio em todo o Estado. A equipe técnica percorrerá 50 municípios tocantinenses.

Segundo a engenheira florestal da Seagro, Ana Paula de Almeida, o incentivo para o aumento do plantio é fruto das politicas de desenvolvimento do governo do Estado. “A produção silvícola é de suma importância para a economia, aliada à preservação ambiental. É mais uma opção para gerar emprego e renda e, ainda, proporcionar a recuperação de áreas degradadas”, enfatizou.

Dados

A cada ano a silvicultura cresce no Tocantins. A luminosidade, o clima, a disponibilidade de terras e a logística para a exportação favorecem o desenvolvimento de diferentes espécies silvícolas, entre elas, eucalipto, teca, neem, seringueira e pinus. De acordo com o levantamento realizado pela Seagro (setembro/2008), são 36,5 mil hectares dedicados à reposição florestal, tendo destaque para o eucalipto com 31,9 mil hectares plantados, e a teca, com 1,9 mil hectares.

Utilidades

A madeira de eucalipto apresenta múltiplas utilidades: fabricação de móveis, portas, assoalhos, armações, postes, mourões, esteios, palanques de cerca, caixas, nas construções civis; matéria-prima para a produção de papel, celulose, chapas, aglomerados e carvão para grandes usinas siderúrgicas, fundições, padarias, churrascarias e uso doméstico.

Seminário

Para estimular o plantio, a Seagro realizará na capital, o IV Reflorestar. Na ocasião serão debatidos assuntos voltados para a silvicultura.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink