Agronegócio

Trabalho com sementes crioulas é premiado em São Paulo

O projeto vencedor concorreu com outros 42 trabalhos
Por: -Redação
8 acessos

O projeto "Resgate de Sementes de Milho Crioulo" desenvolvido no município de Ibarama pela Emater/RS-Ascar, recebeu na terça-feira (28-11), em São Paulo, o Prêmio Ambiental von Martius, concedido pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha. O coordenador do projeto e chefe do escritório municipal de Ibarama, Giovani Ronaldo Rigon Vielmo, participou da solenidade de entrega no Clube Transatlântico.

A 7ª edição do prêmio teve 1121 projetos encaminhados para as trêscategorias de avaliação: humanidade, tecnologia e natureza. O projeto da Emater/RS-Ascar foi vencedor na categoria natureza, concorrendo com outros 42 trabalhos.

O trabalho é desenvolvido pela Emater/RS-Ascar desde 1998, em parceria com sindicatos, prefeitura, Embrapa e agricultores. Os objetivos são buscar novas variedades de sementes de milho crioulo. 40% da área plantada em Ibarama é cultivada com as 23 variedades de milho crioulo. Em 2006 foi realizada a 1ª Festa Estadual do Milho Crioulo e a 5ª edição do programa Troca de Sementes Crioulas em Ibarama.

Este prêmio valoriza o trabalho de preservação genética que vem sendo desenvolvido pela Emater/RS-Ascar, justamente num momento de discussão sobre sementes modificadas. "São materiais que se perdidos jamais serão recuperados", completa Vielmo. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS-Ascar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink