Três grupos controlam 47% dos agroquímicos da Argentina
CI
Imagem: Pixabay
AGRONEGÓCIO

Três grupos controlam 47% dos agroquímicos da Argentina

“Há quase um total de 20 empresas para atender às demandas dos agricultores"
Por: -Leonardo Gottems

Na Argentina, o mercado de agroquímicos indica que três grupos têm uma participação de mercado de 47,4%, estão distribuídos com 18,4% para a Bayer-Monsanto com US $ 463 milhões, 17,1% para a Chemchina (Syngenta / Adama) com US $ 430 milhões e 11,9% para a Corteva (Dow-Dupont) com US $ 300 milhões. Foi isso que informou Maria Paula Lezaun do AgroPages. 

“Há quase um total de 20 empresas para atender às demandas dos agricultores. O tamanho do mercado permanece estável, com vendas médias em torno de US$ 2.400 milhões, mostrando uma tendência crescente”, comenta ela. 

Além disso, a combinação Bayer-Monsanto apresenta algumas oportunidades em aspectos estratégicos e operacionais no mercado, uma vez que consolidaram uma série de produtos fitofarmacêuticos de primeira linha, posição dominante no mercado de milho, liderança em eventos biotecnológicos e vantagem no uso de grande volume de dados, afirma. “Durante o 1º semestre de 2019, o consumo de insumos para a produção agrícola - agrotóxicos e fertilizantes - cresceu quase 30% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse crescimento foi alinhado ao aumento das áreas plantadas de milho e trigo e ao uso de novas ferramentas tecnológicas pelos agricultores. O trigo atingiu uma produção recorde e continuou seu crescimento pela quarta temporada”, completa. 

“Para o mercado de proteção fitossanitária em 2018, o produtor procurou comprar herbicidas e outros insumos mais perto do momento do uso e com ajuda financeira, devido ao fato de ter enfrentado uma situação complicada decorrente da grave seca naquele ano. Em 2019, por outro lado, devido à boa temporada, as compras foram mais antecipadas e, principalmente, com a modalidade de troca de grãos”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink