Trigo: Demanda internacional continua bem ativa
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

Trigo: Demanda internacional continua bem ativa

Dólar voltou a fechar firme
Por: -Leonardo Gottems

Os preços do trigo subiram muito ao longo da semana com o comércio internacional tomando direção dos futuros, o que encenou um salto improvável de compra, elevando os gráficos, apesar de pouca mudança nos fundamentos que sustentam o mercado. Foi isso que afirmou a T&F Consultoria Agroeconômica. 

“A demanda permaneceu robusta, já que três licitações fecharam durante a semana, com a Argélia reservando cerca de 560.000 toneladas, Japão 117.000 toneladas e Tailândia 70.000 toneladas. Enquanto isso, o Paquistão ainda está trabalhando através de ofertas em sua tentativa de importar 1,5 milhão de toneladas, a Turquia quer 490.000 toneladas, a Síria 400.000 toneladas e as Filipinas 380.000 toneladas”, comenta. 

Na origem, o carregamento russo de 12,5% para o carregamento de setembro subiu US$ 2,50/ton para US$ 199,50/ ton  FOB Novorossiysk, enquanto o ucraniano subiu US$ 1/ ton para US$ 195,50/ ton FOB HIPP e o trigo de ração subiu US$ 2/ ton para US$ 197/ton. “Na Europa, o preço de 12,5% do Mar Negro subiu US$ 1,25/ ton para US$ 210,25/ ton FOB CVB, trigo francês de 11,5% subiu US$ 1,25/ ton para US$ 221,75/ ton FOB Rouen, enquanto o trigo alemão 12,5% recuou US$ 0,50/ ton para US$ 212/ ton FOB Hamburg. E nos EUA, 11% HRW ganhou US $ 3,25/ton para US $ 221/ ton FOB US Gulf e SRW 10% subiu US $ 3,75/ton a US $ 221,75/ton FOB PNW”, indica. 

“O dólar voltou a fechar em firme alta nesta sexta-feira, superando 5,60 reais, renovando máxima em três meses e concluindo a quarta semana consecutiva de valorização  —o  que não ocorria  desde o fim de abril—, amparado pelo somatório de desconforto fiscal doméstico e reavivamento da divisa no exterior”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink