Trigo argentino supera todas as expectativas
CI
Imagem: Marcel Oliveira
CEREAIS

Trigo argentino supera todas as expectativas

“As médias são surpreendentes. A falta de água e o calor de outubro, tão preocupantes, não foram refletidos pelos colhedores"
Por: -Leonardo Gottems

A Bolsa de Comércio de Rosário divulgou que a nova estimativa para a safra de trigo da Argentina passou de 20,4 para 22,1 milhões de tonelada , deixando para trás os efeitos do calor e da falta de água do mês de outubro. Essa será a maior produção, já houve um salto no nível de tecnologia que atingiu o pequeno produtor. 

“Safra de trigo da Argentina bate recordes e aumenta 1,7 Mt de novembro a dezembro. Era impensável, mas está acontecendo: o trigo de 2021/22 ultrapassou em muito a meta de 20 Mt. A nova estimativa é de 22,1 Mt, quando o aumento da produção da Argentina foi para 2019/20 para 19,5 Mt. Em relação ao ano passado, haverá 30% mais trigo”, diz a BCR. 

A campanha também atingiu um novo patamar de plantio, já que é a maior dos últimos 19 anos, com mais 100.000 ha e 6,9 M ha plantados . “As médias de produção estão entre as marcas mais altas, muitas são recordes no centro da região pampeana, como no centro e sul de Santa Fé. Os novos ajustes aumentaram o rendimento médio da Argentina de 31 quintais em novembro para 33,6 t / ha em dezembro. A nova estimativa indica o forte aumento com 22,1 M Tn , e para a cifra é considerada uma perda de superfície de 320 mil há", completa. 

“As médias são surpreendentes. A falta de água e o calor de outubro, tão preocupantes, não foram refletidos pelos colhedores. Não é que não tenha havido quedas nos rendimentos por conta desses efeitos, explicam os técnicos, mas que o potencial de rendimento foi tão alto este ano, que mesmo com danos de 10 a 30%, os rendimentos estão entre as melhores marcas dos últimos cinco anos. Os altos rendimentos médios estão confirmando que houve um novo salto tecnológico no centro da região pampeana. Neste ciclo não foi fertilizado para ter um rendimento alvo de 45 a 50 quintais; neste ano o objetivo era chegar a 60 a 80 qq / ha . O outro fato é que o pequeno produtor este ano fez um investimento em tecnologia inédita ena fertilização, estava no mesmo nível dos principais produtores”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.