Trigo começa semana com preços inalterados no Sul

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Pixabay
CEREAIS DE INVERNO

Trigo começa semana com preços inalterados no Sul 

Em Santa Catarina continuam as ofertas de trigo gaúcho a R$ 1.460,00 FOB
Por: -Leonardo Gottems

O mercado do trigo no Rio Grande do Sul se alterou pouco neste início de semana, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Mas, o agricultor em muita opção de venda, hoje pode escolher entre vender soja, milho ou trigo, o que for melhor. Então, com a alta do dólar, acredita em nova  elevação  do  preço  do  trigo  e  a  maioria  decidiu esperar para vender”, comenta. 

Em Santa Catarina continuam as ofertas de trigo gaúcho a R$ 1.460,00 FOB mais ICMS e mais frete. “O problema é justamente o frete. Moinho do Leste do estado nos disse que era R$ 75,00, mas que agora não sabe mais, precisa refazer a cotação.  No  caso  das  farinhas  os  preços  que  estão  sendo praticados  oscilam  entre R$  57,00  e  R$  65,00/saca de 25kg.  As  padarias  estão  se  queixando  muito,  afinal, perderam  grande  parte  da  venda  que  era  feita  no balcão”, completa. 

Já Minas Gerais registrou preços de R$ 1.600,00 para o trigo local. “O mercado à vista apresenta preços ao redor de R$ 1.600,00 para o trigo local, mas apenas nominal, sem negócios relatados. A segunda melhor opção é o trigo argentino, como mostra a tabela ao lado. Mercado  futuro  tem  indicações  de  comprador  para agosto, quando começa a ser colhida a safra no estado, a  R$  1.400,00  da  mesma  forma  sem  negócios  ainda. Produtores  na  expectativa  de  preços  maiores,  até porque tem muito tempo ainda”, indica. 

Em São Paulo, o trigo paraguaio volta a ser competitivo. “Nesta  segunda-feira,  o  trigo  paraguaio  voltou  a  ser competitivo para os moinhos do interior de São Paulo, liquidando aproximadamente R$ 1.701,00/tonelada CIF, contra R$ 1.766,82 do trigo argentino. O trigo local continuou com vendedores a  R$ 1.600,00 FOB,  mas  existe  pouca  disponibilidade  no  estado,  não superior a 20 mil toneladas no total, para uma demanda mensal de mais de 100 mil toneladas mensais”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink