Turquia pode retaliar EUA em caso do aço com taxas sobre algodão, diz assessor do governo
CI
Algodão

Turquia pode retaliar EUA em caso do aço com taxas sobre algodão, diz assessor do governo

Turquia pode retaliar os Estados Unidos contra as potenciais tarifas sobre o aço aplicando taxas sobre as importações de algodão norte-americano
Por:

A Turquia pode retaliar os Estados Unidos contra as potenciais tarifas sobre o aço aplicando taxas sobre as importações de algodão norte-americano, disse um dos assessores econômicos do presidente Tayyip Erdogan nesta terça-feira. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na semana passada que quer impor tarifas amplas às importações de aço e alumínio para proteger a segurança nacional, provocando preocupação nos parceiros comerciais dos EUA e causando tumulto nos mercados acionários mundo afora.

“Começando com a Turquia, os países afetados pela imposição de tarifas dos Estados Unidos estão se preparando para responder aos EUA em produtos alternativos —como o algodão, no caso da Turquia”, disse Cemil Ertem, um importante conselheiro de Erdogan, ao jornal Milliyet. Ele não disse qual seria o tamanho dessa tarifa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.