UE vai ressarcir prejuízo de suas ex-colônias
CI
Agronegócio

UE vai ressarcir prejuízo de suas ex-colônias

Por:

A União Européia (UE) pode compensar 79 países em desenvolvimento, como das Ilhas Fiji e Ilhas Maurício, por quaisquer perdas de exportação que venham a sofrer em decorrência das reformas no mercado açucareiro europeu. "Será muito difícil reformar o setor açúcareiro sem mexer nos preços internos, então temos de examinar como compensar os produtores internos e os de países de fora com direitos de exportação", disse o comissário de Agricultura da UE, Franz Fischler, na conferência Agra Europe, em Londres.

Os europeus autorizam a importação livre de tarifas de cerca de 1,5 milhão de toneladas de açúcar de 79 países da África, Caribe e da região do Pacífico, os chamados países ACP. A UE, a segunda maior importadora de açúcar depois da Rússia, prometeu reformar sua política açucareira como parte das mudanças de seu sistema de subsídio agrícola.

As mudanças no regime de açúcar da União Européia "causarão grandes dificuldades para os países da ACP e há uma verdadeira possibilidade de os países terem chances limitadas de aproveitarem as novas oportunidades comerciais", disse Fischler. O representante europeu disse que a UE pretende apresentar proposta baseada na reforma do mercado açucareiro na segunda metade de junho.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink