UPL faz caravana pelo Brasil para apresentar formas de proteção e aumento de produtividade da soja

PRODUTIVIDADE

UPL faz caravana pelo Brasil para apresentar formas de proteção e aumento de produtividade da soja

Ação passará por 67 cidades de 12 estados brasileiros até dezembro
Por:
235 acessos

A UPL, uma das cinco maiores empresas do setor de soluções agrícolas do mundo, inicia em outubro uma caravana para levar conhecimento a produtores rurais sobre como ter mais proteção e produtividade na cultura da soja. A ação passará por 67 cidades de 12 estados brasileiros até dezembro.

“Nosso objetivo com essa caravana é apresentar formas de garantir a proteção do plantio de soja e, consequentemente, proporcionar maior rentabilidade da lavoura a partir do uso de defensivos agrícolas eficazes, modernos e seguros”, explica o gerente de marketing estratégico para fungicidas da UPL Brasil, Fernando Arantes.

Durante a caravana, produtores rurais e consultores poderão obter informações sobre o inovador fungicida Tridium, que protege o potencial produtivo da soja, e o fungicida multissítio Unizeb Gold, presente na agricultura brasileira há cinco safras, já tendo tratado com sucesso mais de 95 milhões de hectares.

“Tridium, lançamento recente da UPL, é uma solução inovadora. Com esse produto, apostamos no manejo inteligente protegendo a soja logo no início do ciclo, no pré-fechamento das entrelinhas, assegurando uma lavoura mais eficiente e produtiva até a colheita”, explica Arantes.

A caravana proteção da UPL terá três veículos truck, projetados especialmente para os eventos e percorrerá diversas cidades do Brasil.

A jornada começa em 14 de outubro, na sede da UPL, no Estado de São Paulo (Campinas), e se encerra em 3 de dezembro, no Rio Grande do Sul (Erechim). A ação também passará por Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Santa Catarina e Tocantins.

Confira a lista de cidades a serem visitadas pela caravana da UPL:

• Bahia: Luís Eduardo Magalhães;

• Goiás: Catalão, Cristalina, Formosa, Goiânia, Goiatuba, Itumbiara, Jataí e Rio Verde;

• Maranhão: Açailândia e Balsas;

• Mato Grosso: Água Boa, Campo Novo do Parecis, Campo Verde, Canarana, Confresa, Diamantino, Gaúcha do Norte, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Nova Xavantina, Primavera do Leste, Querência, Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra;

• Mato Grosso do Sul: Campo Grande, Chapadão do Sul e São Gabriel do Oeste;

• Minas Gerais: Uberlândia e Unaí;

• Pará: Dom Eliseu, Paragominas e Redenção;

• Paraná: Cascavel, Guarapuava, Lapa, Londrina, Mandaguari, Maringá, Palotina, Pato Branco, Ponta Grossa, São Miguel do Iguaçu e Toledo;

• Rio Grande do Sul: Cachoeira do Sul, Candelária, Carazinho, Erechim, Espumoso, Ijuí, Não-Me-Toque, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Santa Maria, Santiago, São Gabriel, São Luís Gonzaga, São Sepé e Seberi;

• Santa Catarina: Chapecó;

• São Paulo: Campinas, Cândido Mota e Itapeva;

• Tocantins: Guaraí e Gurupi.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink