Paranaíba

Usina Coruripe anuncia aumento do plantio de cana-de-açúcar em Paranaíba

Com as novas áreas o número pode passar 10 mil hectares de cana plantada
Por:
167 acessos

Durante reunião na noite de quarta-feira (17) a Usina Coruripe anunciou que irá aumentar em 2,5 mil hectares o plantio da cana-de-açúcar em Paranaíba (MS). A empresa recebeu a prorrogação do benefício de isenção de 67% do Governo do Estado por mais um ano, para a construção de uma usina de álcool e açúcar no município.

De acordo com Gilmar Macedo, presidente da Canapar (Associação de Produtores de Cana de Paranaíba), atualmente são aproximadamente 8 mil hectares que a empresa tem plantado em Paranaíba, com as novas áreas o número pode passar 10 mil hectares de cana plantada.

Gilmar explicou ainda que durante a reunião não foi discutido sobre a construção da Usina, porém destacou que caso a empresa não cumpra o acordo com o Governo terá que pagar todo ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) atrasados.  A cana produzida em Paranaíba é levada para Carneirinho-MG.

Paranaíba não possui usina de moagem da cana-de-açúcar, porém segundo Macedo, a cidade tem mercado até para duas indústrias; a primeira já está em fase de instalação, que é a Orbi Bioenergia, na região do Distrito do Raimundo, e pode ser finalizada até 2020.

A Coruripe, explicou Macedo, movimenta em torno de R$ 7 mil por hectare plantado, o que com as novas áreas pode chegar a R$ 20 milhões para 2018. As terras onde a Usina planta são todas arrendadas e Macedo ainda destaca que Paranaíba possui 555 mil hectares de área disponíveis para a lavoura da cana, já que hoje a pecuária é a atividade rural que mais se destaca.

Ricardo Lemos Stagliano, representante da Usina Coruripe em Paranaíba não pode atender a reportagem por estar em viagem porém disse que assim que tiver disponibilidade irá dar mais detalhes sobre a construção da Usina e também sobre a ampliação da plantação.

Atualmente a safra de cana está no final de colheita, prevista para se encerrar em 15 de novembro, o novo plantio será feito entre fevereiro e março do próximo ano. Macedo não revelou os números previstos para a atual safra, mas disse que foi dentro do previsto.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink