Uso de ramos e folhas de mandioca na alimentação animal
CI
Agronegócio

Uso de ramos e folhas de mandioca na alimentação animal

Aproveitamento de material de alto valor nutritivo, normalmente descartado, para alimentar animais no período de seca
Por:
Aproveitamento de material de alto valor nutritivo, normalmente descartado, para alimentar animais no período de seca

A forragem da mandioca é rica em proteínas e vitaminas e pode ser um ótimo alimento para o gado. Em regiões deficitárias de pastagem nativas, em conseqüência dos longos períodos de estiagem, solos arenosos e pobres em nutrientes, o uso da mandioca como fonte de proteínas na alimentação animal pode resolver um dos mais graves problemas para o desenvolvimento e a melhoria da pecuária. No programa Prosa Rural desta semana, o pesquisador Elson Soares dos Santos, da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba – a Emepa, fala sobre o aproveitamento dos ramos e das folhas da mandioca na alimentação, principalmente, de bovinos leiteiros e de corte.

“A parte aérea e as raízes completam uma ração de alto valor nutritivo, pois a parte aérea tem em torno de 18 a 20 por cento de proteína bruta, enquanto as raízes têm em torno de 3 por cento, mas é muito rica em energia”, destaca Santos durante sua participação no programa.

Segundo ele, o produtor deve coletar tanto as raízes quanto a parte aéra da mandioca e espalhar o material ao sol para desidratar, por um período de 24 horas após a colheita. Este procedimento faz com que o ácido cianídrico - substância tôxica aos animais, seja eliminado em sua totalidade.

“Nossa recomendação é que tanto a mandioca mansa quanto a brava seja oferecida aos animais somente depois de 24 ou 48 horas após colhida e colocada em um ambiente para murchar, ou seja, para desidratar ao sol. Os produtores não devem fornecer esses alimentos aos animais sem aguardar o tempo recomendado, para evitar problemas de intoxicação aos animais”, ressalta Elson Soares dos Santos.

Durante o programa, o pesquisador também fala sobre a produção do feno e da silagem a partir das folhas e raízes da mandioca. “No entanto, a nossa recomentação é o uso deste material na forma fresca”, finaliza.

O programa Prosa Rural é o programa de rádio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O programa conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Responsável: Wilma Wanda de Souza Emeri
Email: codima@emepa.gov.br
Unidade: Emepa
 
 
 
 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink