Uso errado de defensivos pode levar a plantas daninhas resistentes
CI
Agronegócio

Uso errado de defensivos pode levar a plantas daninhas resistentes

Por:
Alerta foi feito por pesquisador Germani Concenço, da Embrapa Agropecuária Oeste

O controle de plantas daninhas nas lavouradas tem de ser feito com um manejo integrado de defensivos para evitar que ocorra a seleção natural e a disseminação de espécies resistentes aos produtos. O alerta foi feito pelo pesquisador Germani Concenço, da Embrapa Agropecuária Oeste, durante seminário realizado na 49ª Exposição Agropecuária de Dourados (Expoagro).


"É preciso que se tome consciência da importância da diversificação. Há cerca de treze anos, o Brasil possuía oito espécies resistentes e, atualmente, esse número passou para 31. A buva é um dos grandes problemas, mas isso não é aceitável, porque sabemos que ela tem uma série de características que a torna de mais fácil manejo".


O pesquisador ressalta ainda que, há treze anos, não havia no Brasil plantas resistentes ao glyphosate, herbicida-base para sistemas como o plantio direto. “Em 2013 existem cinco espécies com resistência ao glyphosate”, ressalta o pesquisador, “e a perspectiva é que sejam selecionadas outras espécies daninhas com resistência a herbicidas em um futuro próximo, principalmente devido ao manejo equivocado”.


Orientação
Para evitar que as plantas daninhas desenvolvam resistência, Concenço orienta que os procedimentos correto para os produtores incluem diversificar o manejo, realizar a rotação de culturas e de herbicidas, deixar o solo coberto o ano inteiro (consórcio milho-braquiária e ILP são exemplos), focar em herbicidas pré-emergentes, reduzir o número de aplicações de herbicidas, e diversificar as variedades de grãos entre transgênicos e não-transgênicos.


“No caso das variedades convencionais, sua função no sistema produtivo, com foco no manejo de plantas daninhas, é permitir a rotação de princípios ativos e reduzir a pressão de seleção de biótipos resistentes”, concluiu.

(*Com informações da Embrapa Agropecuária Oeste)

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.